Rede aleluia

Notícias | 21 de fevereiro de 2019 - 09:57


Curso ajuda mulheres a superar o trauma emocional

Saiba como resgatar a autoestima e a sua crença no amor

O medo irracional de amar ou se apaixonar por alguém. Essa ameaça é tão assustadora para algumas pessoas que é tratada como uma fobia, um transtorno de ansiedade. A filofobia pode ser desencadeada a partir de um intenso trauma emocional advindo de experiências negativas acerca do amor.

Segundo a psicóloga Camila D´Ávila Moura, especialista em relacionamentos, os casos de filofobia estão relacionados às experiências acumuladas, como o fim de um relacionamento e uma traição. A experiência negativa leva a uma frustração porque havia uma expectativa que não se concretizou.

A pessoa tem medo de se aproximar e se permitir gostar de outra pessoa novamente, porque encara isso como uma ameaça. Então, passa a agir de forma autodepreciativa, mantém relacionamentos curtos com parceiros diferentes e os interrompe sem muitas explicações.

“A forma como as pessoas lidam com o problema é que vai dizer o quanto a experiência ruim vai influenciar nas próximas relações, ou não. Para alguns, a frustração é dolorida, penosa e traumática. Associar o amor e o relacionamento afetivo à frustração é o que explica essas reações. É uma coisa decente e boa, mas o cérebro, automaticamente, diz que é ruim”, relata a psicóloga.

Superar traumas que impedem o crescimento pessoal

Para voltar a crer no amor, é preciso voltar a acreditar em si. Analisar o próprio interior para buscar fatos que não foram solucionados no passado. E, a partir disso, superar os traumas internos que impedem o crescimento pessoal. É com esse resgate da autoestima que o Projeto Raabe vem trabalhando desde 2011.

As aulas do “Curso do Autoconhecimento”, que acontecem duas vezes por semana durante um mês, ajudam a lidar e a superar questões como a insegurança, a raiva, a mágoa e os pensamentos negativos.

O principal objetivo é ajudá-las a tomar consciência das suas metas, desejos e ter controle sobre suas emoções. Assim, essas mulheres ganham a oportunidade de otimizar pontos positivos em suas vidas e vencer sentimentos causados por más experiências vivenciadas.

“Eu recomendo”

Após ter passado por um relacionamento abusivo e agressivo, Érika Pontes se tornou uma pessoa fechada e com medo. “Quando conheci o Projeto Raabe entendi que o passado só serve para uma coisa: aprendizado! Eu não posso mudar o que aconteceu, mas aprendi a tirar forças dessas situações para revolucionar a minha vida”, explicou a jovem.

Ela completa dizendo que participar do curso Autoconhecimento foi fundamental para recuperar a autoestima e amor próprio. “Hoje não tenho mais trauma ou medo, as palestras e orientações que recebemos nos fazem enxergar o nosso valor! Agradeço a Deus pela oportunidade que tive de conhecer esse lindo projeto que me ajudou, e tem ajudado milhares de mulheres. Eu fiz e recomendo!”, finaliza.

O curso é gratuito. As inscrições para março de 2019 já estão abertas. Para mais informações, você pode entrar em contato pelo e-mail projetoraabe@godllywood.com ou pelo telefone (11) 95349-0505.

 


  • Michele Roza / Fotos: iStock e reprodução do Facebook/Raabe 


reportar erro