Rede aleluia
Cruz, de aproximadamente 1,2 mil anos, é encontrada no Paquistão
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 25 de junho de 2020 - 13:22


Cruz, de aproximadamente 1,2 mil anos, é encontrada no Paquistão

Objeto arqueológico mostra que a evangelização primitiva alcançou a região

Cruz, de aproximadamente 1,2 mil anos, é encontrada no Paquistão

Uma cruz de mármore, com mais de 1,2 mil anos, foi encontrada na região da cordilheira Caracórum, no Himalaia. A localidade faz fronteira entre Paquistão, China e Índia.

O objeto sagrado, que ficou conhecido como “Cruz do Kavardo”, foi encontrado na antiga “Rota da Seda”, um trajeto que era percorrido por comerciantes entre Europa, Oriente Médio e China. Segundo o portal Christian Today, a descoberta foi divulgada por pesquisadores da Universidade de Baltistão. A cruz mede cerca de 2 m de altura.

Divulgação da Palavra

O que torna este artefato interessante é que ele revela a chegada do cristianismo na região, após o período da Igreja Primitiva, retratada no livro bíblico de Atos, escrito por Lucas.

A exemplo do apóstolo Paulo, e de seus cooperadores, os seguidores do Senhor Jesus Cristo, naquele tempo, saíram de Jerusalém e se espalharam por várias localidades levando a mensagem de fé, para que todos aqueles que crescem fossem salvos da morte eterna. Desse modo, possivelmente, algum cristão daquele período plantou uma igreja na região.

A organização Barnabas Fund divulgou em seu site que um líder cristão local observou que é encorajador para os cristãos da região saberem que a fé já estava ali desde aquela época. Pois, eles se sentem desconfortáveis por serem minoria entre os muçulmanos.


Cruz, de aproximadamente 1,2 mil anos, é encontrada no Paquistão
  • Da Redação / Foto: Reprodução University of Baltistan 


reportar erro