Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de abril de 2020 - 13:32


Coronavírus: pastor conta como está a situação na Itália

País europeu foi um dos mais afetados pelo cenário causado pela doença

Durante a programação “Inteligência e fé”, do dia 2 de abril, o Bispo Renato Cardoso trouxe a participação do Bispo Jorge Júnior, responsável pela Universal na Itália, para falar sobre a situação do coronavírus (COVID-19) no país europeu.

Em números de óbitos, a Itália perdeu apenas para a China. Mas, vale ressaltar que há países com um enfrentamento mais eficaz do que outros contra o coronavírus. A Coreia do Sul é um dos exemplos bem-sucedidos. E a estratégia do país asiático foi adotar o chamado “isolamento vertical”, que se foca apenas nas pessoas de risco.

Esses diferentes resultados entre os países têm gerado uma reflexão em torno do tema. Por exemplo, sobre as melhores medidas a serem tomadas e quais estão sendo as consequências. Inclusive, no mesmo programa, também participou o Pastor Fabio Ribeiro, responsável pela Universal no Japão.

Tudo fechado

Sobre a situação atual na Itália, o Bispo Jorge explicou: “Todo o país está fechado para circulação das pessoas, que estão em uma quarentena total. No dia 23 de março, o governo decretou isso, inclusive, para todas as empresas, comércios, fábricas. Somente os bens essenciais: mercados, farmácias, bancos e correios que continuam abertos, com limitações de entrada de pessoas. Elas não podem se locomover, não podem sair de casa para ir em outro lugar. O exército está nas ruas”.

Além disso, o controle está sendo bem rigoroso: “O governo mandou pela internet um certificado que as pessoas têm de preencher com o endereço de casa e para aonde vão. Porque, como o exército está nas ruas, todos são parados. Então, se você for parado, tem que mostrar aquele certificado”, disse.

Crise econômica

O Bispo Jorge também explicou que os problemas econômicos que estão sendo gerados com esta paralisação têm promovido revolta entre as pessoas.

Sobretudo, no sul do país, onde se localiza a camada mais carente da população italiana.

Confira no vídeo abaixo a entrevista na íntegra e saiba mais:


  • Daniel Cruz / Foto: Getty Images 


reportar erro