Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de abril de 2018 - 03:00


Confira algumas das repercussões de “Nada a Perder” na mídia

Filme estreou dia 29 de março em todo o País

O filme “Nada a Perder” que conta a trajetória do Bispo Edir Macedo e o contexto de fundação da Universal estreou no dia 29 de março em todo o País. E alguns portais de notícias já destacaram a produção cinematográfica.

Para uma matéria online da revista Veja, publicada no dia 2 de abril, intitulada “Os humilhados são exaltados no filme de Edir Macedo”, a mensagem central do longa foi a trajetória de superação pessoal apresentada: “’Deus está conosco’ e outras variações como ‘Deus não vai nos desamparar’ são frases constantes no filme Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos, que narra com contornos heroicos a vida e obra de Edir Macedo, bispo da igreja Universal e dono da Rede Record. Feita sob as asas de seu biografado, a produção defende a ascensão do garoto que sofria bullying, por conviver com atrofia em uma das mãos, a juventude com pouco dinheiro (mas muita fé), até o momento em que se torna a cabeça de uma das principais denominações evangélicas do país.”

No site AdoroCinema, que também é especializado no tema, o filme atingiu a nota 4,9 (do total de 5) com cerca de 4,8 mil avaliações dos espectadores (imagem abaixo). Se você assistiu “Nada a Perder”, clique aqui e deixe também a sua avaliação sobre o filme.

Recentemente, o curador do Festival de Cinema de Gramado, Marcos Santuario, também publicou uma análise sobre o longa.

Confira, no vídeo abaixo, uma canção sobre o enredo do filme:


  • Da Redação / Foto: Reprodução 


reportar erro