Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de abril de 2019 - 13:02


Como saber se o namoro é da vontade de Deus?

Há um sinal claro. Saiba qual

Para quem entregou a vida para Deus, fazer a vontade dEle é a prioridade máxima, e isso em todas as áreas da vida. A pessoa sempre pensa se a escolha que está prestes a fazer irá agradá-lO.

Na vida amorosa não é diferente. A escolha do cônjuge é todo tempo ponderada de acordo com os princípios da fé.

Afinal, você não vai se casar com alguém que poderá colocar em risco o seu bem mais precioso, que é a sua Salvação.

Então, quando se inicia um namoro, a primeira preocupação que surge é: será que esta pessoa é da vontade de Deus para mim?

Isso não quer dizer que é Deus quem escolhe a pessoa adequada, mas Ele nos dá critérios para esta escolha ser feita. E quem quer agradá-lO não abre mão deles.

Quando é de Deus?

Pense um pouco: Deus sendo tão grande, magnífico e poderoso, como algo ruim pode vir da parte dEle?

A Bíblia diz: “A bênção do Senhor é que enriquece; e não traz consigo dores” (Provérbios 10.22). Quando ela fala que “enriquece”, vai muito além da questão monetária, mas que todas as bênçãos de Deus trazem desenvolvimento e progresso para as nossas vidas. Não são um fardo de dores e retrocesso.

Logo, seguindo este raciocínio, um relacionamento de acordo com a vontade de Deus fará você progredir em todos os aspectos, principalmente no que tange à vida espiritual.

É neste ponto que muitos, por causa do sentimento, ignoram o quanto aquela relação está lhe afastando do seu Criador.

Sobre isso, o Bispo Renato Cardoso ressalta o sinal claro de quando um relacionamento não agrada a Deus: quando o separa dEle, ao invés de aproximar ainda mais.

“Se você tem um (a) namorado (a) que o (a) deixa no meio termo, tendo que fazer ‘malabarismo’ entre agradá-lo (a) e agradar a Deus, como em um jogo de equilíbrio, essa relação não é da vontade de Deus”, pontuou o Bispo.

E alerta: “Não adianta justificar com: ‘ah, mas eu gosto… mas a gente tem uma história, estamos de casamento marcado, os convites já foram dados’, pois isso tudo não muda o fato de que não é de Deus. E se você quiser insistir nisso, se quiser pagar para ver, então vá em frente!”, finalizou o Bispo.

Leia também: 5 sinais de que ele (ela) não vai casar com você

Zele por sua vida amorosa

Você sempre vai cuidar bem de tudo o que considera importante. Se sua vida espiritual e a comunhão com Deus são suas prioridades, certamente, você vai zelar por tudo que pode afetá-las de alguma forma, e isto inclui sua vida amorosa.

Por isso, todas as quintas-feiras, na Universal, acontece a Terapia do Amor, onde casais e solteiros aprendem sobre o amor que vem da fé e que sempre vai aproximá-lo do Autor e Fonte inesgotável do Amor.

Encontre aqui o endereço da Universal mais próxima e participe.


  • Núbia Onara / Foto: iStock 


reportar erro