Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 13 de janeiro de 2019 - 00:05


Como recomeçar após uma desilusão amorosa

A decepção no amor faz com que muitas pessoas percam a vontade de se relacionar ou se relacionem de forma errada. Saiba o que fez Thaianne vencer este ciclo destrutivo

Normalmente, é comum que o casal faça planos para o futuro durante o namoro, mas o que acontece quando esses objetivos não se concretizam? Como lidar com a frustração?

Thaianne Alves Leal, de 26 anos (foto acima), namorou durante quatro anos e acreditava que o relacionamento seria para a vida toda, porém, a relação chegou ao fim. “Meu sonho era casar com meu primeiro namorado, mas ele me traiu e também era superagressivo comigo quando discutíamos. Chegou a um ponto que não foi mais possível continuar ao lado dele”, conta.

Medo de um novo amor
Uma pesquisa da Universidade de Birmingham, no Reino Unido, revelou que a perda da pessoa amada pode ameaçar a saúde. Especialistas também afirmam que passar por uma decepção amorosa pode desencadear muitos sentimentos negativos, como o medo de se relacionar novamente.

Thaianne sofreu bastante com essas consequências. “Me fechei para o amor, não queria mais fazer nada e fiquei depressiva. Até que, tempos depois, conheci o Fernando. Ele me chamava para sair com muita insistência e, com raiva por tudo que tinha vivido, aceitei encontrá-lo só para causar ciúmes no meu ex”, revela.

Depois desse encontro, vieram outros e eles decidiram começar a namorar. “Eu estava apaixonado por ela e percebi que nos encontros seguintes ela se interessou por mim também. Decidimos começar a namorar e fomos morar juntos. Como não tínhamos direcionamento, fizemos tudo errado”, diz Fernando Gomes Leal, de 28 anos (foto ao lado).

Ele tinha o sonho de se casar, mas não sabia por onde começar nem qual era a forma correta. “Ela entrou na relação com bagagens do namoro anterior e eu acreditava que se morássemos juntos minha vida mudaria, mas aconteceu o contrário. Só brigávamos e tinha ódio de conversar com a Thaianne. Até que ela me convidou para ir à Terapia do

Amor como última chance para nós. Eu aceitei porque queria que fossemos felizes”, detalha Fernando.

Na Terapia do Amor, ela aprendeu que precisava superar os traumas do passado e ele entendeu que ambos precisavam respeitar as fases da relação. “Participando das palestras, Deus foi me lapidando, desde o jeito de me vestir até minha conduta e meu modo de ver as coisas. Também perdoei o que meu ex havia feito comigo. Depois decidimos oficializar nossa união”, declara Thaianne.

Eles se casaram no dia 15 de novembro de 2018, na Celebração dos Casamentos. “Foi maravilhoso. Recebemos a bênção e a direção do Bispo Edir Macedo. Além disso, a organização e a realização do evento foram e sempre serão inesquecíveis”, relata Fernando. Mesmo casados há poucos meses, Thaianne diz que já estão colhendo os frutos das novas escolhas. “Nossa relação é outra. O fato de termos vencido os traumas e estarmos presentes às palestras da Terapia do Amor fez e faz toda a diferença para que hoje sejamos um casal feliz e unido”, conclui.

Todas as quintas-feiras, em todo o País. Saiba mais em terapiadoamor.tv. Terapia do Amor, ajudando milhares de pessoas a realizar o sonho de se casar


  • Ana Carolina Cury / Fotos: Cedidas 


reportar erro