Rede aleluia
Como navegar pela vida sem errar o caminho
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 3 de Outubro de 2021 - 00:05


Como navegar pela vida sem errar o caminho

Como navegar pela vida sem errar o caminho

Quando você vai a algum lugar, você usa um GPS, um aplicativo, em que você coloca seu destino nele e ele mostra a você a melhor rota.

Mas, antes de existirem mapas, GPS, aplicativos, como os viajantes se guiavam pelo caminho? Um dos métodos mais primitivos de navegação era usar as estrelas como guias, especialmente a Estrela do Norte, porque ela é a única em nosso sistema que não muda de lugar. Ela fica bem em cima do Polo Norte e parece que todas as outras estrelas giram em torno dela.

Assim, surgiram os pontos cardeais. E, tendo um norte, você sabe para onde é o sul, o leste e oeste. É impossível você ter uma direção sem ter um norte, daí veio a expressão “você tem que ter um norte”, ou seja, você tem que ter um ponto sobre o qual irá se posicionar. Se você não o tem, não terá uma direção e acaba chegando aonde não quer.

Muitos tomam decisões que os fazem sofrer porque não fixam seu norte espiritual. Quem é da fé tem Deus como o seu Norte. Contudo, há quem tem vários pontos na vida e não tem o Senhor Jesus como o ponto fixo, e aí está o problema. Há pessoas que não sabem ter um foco e há outras que têm vários: acreditam em A, depois em B e depois em C. Há também aquelas que têm vários deuses, ficam perdidas e dão voltas em círculos.

É preciso, então, tornar o Senhor Jesus um Norte para sua vida, como está escrito: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (João 14.6). Se você pautar sua vida neste ponto, então sua vida entrará nos eixos.

Quando Josué estava sem direção, Deus falou para ele assumir o lugar de Moisés: “Somente seja forte e corajoso! Tenha o cuidado de obedecer a toda lei que meu servo Moisés lhe ordenou; não se desvia dela, nem para a direita e nem para a esquerda, para ser bem-sucedido por onde quer que andar”. (Josué 1.7). Da mesma forma, se você seguir a Palavra, então será bem-sucedido em tudo o que fizer.

Siga a Palavra de Deus sem se desviar dela. Se você obedecê-La, nunca mais ficará perdido. Você saberá a todo momento para onde ir e o que fazer, porque seu guia será a Palavra de Deus.


Como navegar pela vida sem errar o caminho
  • Bispo Renato Cardoso / Foto: Getty Images 


reportar erro