Rede aleluia
Como agir com o cônjuge que não lhe dá atenção?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de Abril de 2021 - 20:02


Como agir com o cônjuge que não lhe dá atenção?

Uma aluna pede ajuda pois seu marido a deixa de lado para ficar no celular

Como agir com o cônjuge que não lhe dá atenção?

Nesta edição da Escola do Amor Responde, a aluna Cláudia pede a ajuda dos professores Renato e Cristiane Cardoso, pois seu marido a deixa de lado para ficar no celular, é frio e parece que não se importa com o relacionamento. Confira e anote as dicas do casal.

Cláudia – Sou casada há quase sete anos, mas já faz um ano que meu marido está muito frio e não desgruda do WhatsApp. Parece que ele largou mão do relacionamento, não luta mais por ele e é indiferente à minha presença. Estamos vivendo um momento muito difícil e mal conversamos.Para ele, tudo é o celular. Estou muito desconfiada de traição e talvez seja por isso que ele não me procura mais. Gostaria da ajuda de vocês, pois não sei mais se continuo lutando por esse relacionamento ou se é melhor me separar. Estou com dúvidas e não sei o que fazer. Por favor, me ajudem.

RENATO – Preste bastante atenção: nós não sabemos se o seu marido está traindo você e você não tem provas disso. Você não deve ficar desconfiada, acusando ou jogando isso contra ele porque, se ele não estiver traindo você, você estará colocando estresse na relação com algo que não existe. Se ele estiver traindo você, não tenha dúvida de que o traidor normalmente tropeça nos próprios erros e isso acaba chegando ao conhecimento do cônjuge. Relacionamentos assim costumam entrar em um círculo vicioso: vocês cometem erros, que geram outros erros e voltam ao primeiro erro, aquele que deu início ao círculo. Por exemplo, você está desconfiada porque ele fica no celular o tempo todo e não deve deixar você ter acesso ao equipamento. Então, você o acusa e fica chata. Pelo fato de você ficar cobrando, ele não quer conversar, porque toda conversa que ele tem com você é uma briga. Ele se enfia ainda mais no celular e isso a irrita ainda mais. Com isso, você vai aumentando as formas de mostrar que está irritada para ver se provoca uma reação dele. Isso só vai piorando a situação. Por isso, você precisa parar de alimentar esse círculo vicioso.

CRISTIANE – Parar de alimentar esse círculo vicioso não é você “ficar de mal” com ele. Às vezes, as pessoas pensam que lutar pelo relacionamento é reclamar, é não fazer nada além do que sempre fazem pelo cônjuge e, assim, pioram a situação. As pessoas usam várias táticas erradas para resolver a situação e pensam que estão lutando pelo relacionamento. Lutar pelo casamento não é brigar nem ficar de mal nem ser fria ou fingir que não vê o problema. Lutar é o que você faz na Terapia do Amor. As pessoas que vêm à Terapia lutam pelo casamento porque elas entendem que erraram e precisam aprender a cortar esse círculo.

RENATO – Pare de ficar acusando sem provas e não fique mais cobrando atenção. Atenção não se cobra, se ganha. A cobrança não ajuda a resolver a situação. Amor não se cobra. Ele é como a flor que está no jardim produzindo o seu néctar: ela emite o seu perfume e a abelha de longe sente o cheiro e vai para a flor. A flor não sai do lugar, você não vê flores andando por aí à procura de abelhas, mas abelhas procurando flores, porque as flores têm o que as abelhas querem. Você tem que ter o que o seu marido quer sendo uma mulher agradável, que gosta de si mesma e é atraente. Se em algum momento você descobrir que ele está traindo você, então você vai ter de tomar outras atitudes e confrontá-lo em relação à traição. Por enquanto, você tem que se tornar uma mulher agradável. Faça que o ambiente seja agradável para ele. Você pode perguntar: “e se eu falar de maneira agradável, preparar o jantar que ele gosta e tudo mais, não ficar cobrando atenção e, mesmo assim, ele ficar enfiado no celular e não quiser nada comigo?” Eu garanto a você que isso vai acontecer nos primeiros dias. Você vai fazer tudo direitinho e ele não vai prestar atenção porque vai pensar que você está tendo um dia bom, que você está mudando de tática e vai ficar observando até quando isso vai durar. Então, você tem que perseverar no que você faz e não fazer isso apenas por ele, mas porque é o certo. Dessa forma, é ele que estará errado nessa relação. O holofote estará focado nele e não em você. Esse é o primeiro passo para quebrar o círculo vicioso.

CRISTIANE – Assim, você vai mostrar a ele que não está mais deprimida, desesperada, nervosa, frustrada e chata, mas de bem com a vida. Você estará se amando e amando o seu lar. Isso chama a atenção das pessoas, pois elas não entendem que, quando se dá o outro lado do rosto, quem está batendo se surpreende.

RENATO – Essa atitude, somada à perseverança, é o segredo que as pessoas que começam a lutar sozinhas na Terapia do Amor aprendem e praticam e, desse modo, acabam ganhando o parceiro.


Como agir com o cônjuge que não lhe dá atenção?
  • Kelly Lopes / Foto: Getty Image 


reportar erro