Rede aleluia
Cavaleiros do Apocalipse: o cavalo vermelho
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 8 de Fevereiro de 2018 - 02:05


Cavaleiros do Apocalipse: o cavalo vermelho

Saiba mais sobre como será o Fim dos Tempos

Cavaleiros do Apocalipse: o cavalo vermelho

Você já deve ter ouvido falar sobre os quatro cavaleiros do Apocalipse. Aqui, no Universal.org, você poderá compreender melhor sobre eles.

Nós já falamos sobre o primeiro cavaleiro (o do cavalo branco), que representa o anticristo.

Hoje, vamos compreender o significado da figura do segundo cavaleiro, que é citado em Apocalipse, no capítulo 6, do versículo 3 ao 4.

No livro “Estudos do Apocalipse”, o bispo Edir Macedo retrata esse cavaleiro da seguinte maneira: “Estas são manifestações do cavaleiro do cavalo vermelho: guerras. Também os Evangelhos de Mateus e Lucas registram estas mesmas profecias, referindo-se ao período da Grande Tribulação. (…). Nós já tivemos muitas guerras, que mataram quase cem milhões de pessoas, mas a manifestação deste cavaleiro do cavalo vermelho surtirá um efeito catastrófico, jamais ocorrido até então, pois para isto lhe foi dada autoridade.”

O bispo continua explicando que quando surgir esse período, na Grande Tribulação, os conflitos serão permanentes, a vida não terá mais valor, não haverá segurança para ninguém.

O Senhor Jesus havia alertado que haveria rumores de guerras (Mateus 24.6), mas que eles seriam apenas um sinal de que estaríamos perto do fim. Contudo, com o surgimento do cavalo vermelho, que vem logo após o anticristo, esses rumores de guerras se concretizam, deixam de ser ameaças para se tornarem uma realidade.

Serão tempos terríveis para os que ficarem nesse mundo. É por esse motivo que o Senhor Jesus resgatará os Seus escolhidos deste mundo, para que eles não sofram as dores desse momento ímpar na história da humanidade.

Reunião Estudo do Apocalipse

Se você deseja aprender mais sobre como será o Fim dos Tempos, participe da reunião do Estudo do Apocalipse que é realizada no Templo de Salomão, aos domingos, às 18h.

Você pode conferir os episódios anteriores no Univer Vídeo.


Cavaleiros do Apocalipse: o cavalo vermelho
  • Por Daniel Cruz / Imagem: Robson Souza 


reportar erro