Rede aleluia
Catedral de Londrina: paranaenses na expectativa
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 5 de Dezembro de 2021 - 00:05


Catedral de Londrina: paranaenses na expectativa

Saiba como será o novo templo da Universal na região

Catedral de Londrina: paranaenses na expectativa

Com a missão de levar o Evangelho a todos, a Universal tem investido em construções de novos templos. O próximo projeto será iniciado em Londrina, no Paraná. A Universal está na cidade há cerca de 30 anos.

Londrina está localizada a cerca de 400 km da capital paranaense, Curitiba, e, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), registrou um aumento populacional de 16% nos últimos anos. Sua população atual é de 580.870 habitantes, sendo que aproximadamente 28% deles são evangélicos. Diante disso, a Igreja está investindo na construção de um novo templo que possa atender mais pessoas e proporcionar mais conforto a elas.

Catedral de Londrina
O novo templo será erguido na Avenida Arcebispo Dom Geraldo Fernandes e estará a 500 metros da sede atual, em uma área de intenso fluxo de pessoas, veículos, comércios e serviços. De acordo com o setor de engenharia da Universal, a obra está em estágio inicial em um terreno com 5.600 m². A área construída será de aproximadamente 5.580 m² e o novo templo atenderá às normas de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, além de possuir refrigeração de ar-condicionado em todos os ambientes e iluminação 100% em LED. A catedral ainda contará com dois estacionamentos que comportarão juntos 145 veículos (45 a mais do que na atual igreja).

Pavimentos
A nova catedral contará com três pavimentos, sendo que no primeiro estará localizada a nave principal, ambiente destinado às reuniões diárias, com 1.500 lugares (570 a mais do que no prédio atual). Nesse andar também haverá salas para atender aos grupos dos trabalhos sociais, área com salas destinadas ao apoio às reuniões e ainda um auditório auxiliar com 200 lugares, para dar apoio à nave principal, quando necessário.

Já o segundo pavimento terá três salas destinadas à Escola Bíblica Infantil (EBI), com capacidade para acomodar cerca de 90 crianças (20 a mais do que na igreja atual), em um andar totalmente reservado e preparado para atender aos pequeninos com todo o conforto necessário. Na área privativa estarão as salas para atendimento do setor administrativo da Universal e dois apartamentos. A área dos estúdios de rádio e TV estará no terceiro piso e nele haverá ainda quatro apartamentos privativos.

Gratidão
Os fiéis londrinenses estão felizes com a nova obra da Universal. O Pastor Marcos Santos, responsável pelo trabalho na região, fala da importância dessa obra: “é uma oportunidade maior de ganhar almas para o Reino de Deus. A Universal está na cidade de Londrina há 30 anos e sempre houve esse sonho de ter um espaço que atendesse um número maior de pessoas sofridas por parte do povo, dos obreiros e grupos”.

O Pastor ainda enfatiza os benefícios para o município: “a catedral será como um hospital espiritual, com toda a infraestrutura para ajudar e socorrer as pessoas sofridas que existem aqui, independentemente de sua religião. A população de Londrina e região terá o privilégio e a oportunidade de conhecer a Deus”.

Amor às almas
O Pastor Marcos destaca ainda a importância da contribuição realizada por todos aqueles que acreditam na missão de propagar o Evangelho: “essa colaboração é muito importante porque essa obra aqui, bem como todas as realizadas pela Universal, depende das doações voluntárias para a propagação da Palavra de Deus”.

Uma das pessoas que ajudam como forma de agradecer ao que Deus fez em sua vida é o obreiro Rinaldo de Souza, de 56 anos, que se coloca sempre à disposição da concretização dessa meta: “me sinto honrado e privilegiado de poder contribuir com o avanço da Universal em Londrina. Tenho consciência que, por meio de minhas ofertas voluntárias, essa obra muito esperada por nós, londrinenses, está se tornando realidade”.

Rinaldo também está cheio de expectativa e tem certeza de que o novo templo abençoará muitas pessoas e também a cidade como um todo. “Quando recebemos a notícia, fiquei entusiasmado. Foi como um presente de Deus para nós. Então a expectativa é de ver a obra concluída e de podermos levar muitas pessoas para também usufruírem desta obra maravilhosa”, conclui.

Participe!
O próprio Senhor Jesus deixou uma missão a seus seguidores: “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. (Marcos 16.15). Se você também deseja fazer parte dessa missão e contribuir para que a Palavra de Deus chegue às pessoas que necessitam, leve sua oferta à Universal mais próxima ou contribua, de maneira fácil e rápida, pelo site doar.universal.org.


Catedral de Londrina: paranaenses na expectativa
  • Camila Teodoro / Foto: Reprodução 


reportar erro