Rede aleluia

Notícias | 17 de outubro de 2019 - 16:06


Câncer de mama e violência sexual: vida da mulher pode ser salva com mais informação

Palestras no Templo de Salomão explicarão a “Lei do Minuto Seguinte” e o rastreamento para a detecção do câncer de mama

Dia 25/10, o programa social Raabe, em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) e a RecordTV, realizará o evento “Mulheres em Foco”, com palestras sobre dois temas que são fundamentais para a saúde e a segurança da mulher: a “Lei do Minuto Seguinte” e o rastreamento para a detecção precoce do câncer de mama.

O evento acontecerá no 10º andar do Templo de Salomão, localizado na capital paulista, e deve contar com a presença de 700 mulheres.

A Lei do Minuto Seguinte (Lei 12.845/13) determina que toda vítima de violência sexual tem o direito de buscar atendimento emergencial, integral e gratuito na rede pública de saúde, sem a necessidade de apresentar boletim de ocorrência ou qualquer outro tipo de prova do abuso sofrido.

De acordo com o 13º Anuário de Segurança Pública, em 2018, foram registrados 66 mil casos de violência sexual no Brasil, sendo que 54% das vítimas tinham até 13 anos de idade. Mas especialistas avaliam que, com a baixa notificação dos casos de estupro para as autoridades, o número de ocorrências de violência sexual contra as mulheres alcance os 500 mil por ano.

Câncer de mama: 70% têm diagnóstico tardio O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres. A estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA), é que no biênio 2018/2019 ocorram 59.700 novos casos de câncer de mama no Brasil, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

Se diagnosticado e tratado nos estágios iniciais, o câncer de mama tem boas chances de cura. Contudo, as taxas de mortalidade por câncer de mama são elevadas no Brasil, porque 70% dos casos da doença são identificados somente em estágio avançado.

Por isso, são importantes as estratégias para a detecção do câncer de mama, com o diagnóstico precoce e o rastreamento (aplicação de teste ou exame em população sem sintomas).

O programa Raabe

Desde novembro de 2011, o Raabe ampara mulheres vítimas de violência doméstica e abusos, oferecendo atendimento jurídico, social, emocional e espiritual. São realizados cursos e palestras que auxiliam no resgate e fortalecem a autoestima da mulher.

O grupo está presente em todos os estados brasileiros, nos Estados Unidos e em outros países da Europa e da América Latina. Em 2018, mais de 102 mil mulheres foram atendidas por 2.723 voluntárias, no Brasil e exterior.

Agenda
“Mulheres em Foco”

Temas das palestras:
“Lei do Minuto Seguinte” e “Rastreamento para detecção precoce de Câncer de Mama”

Palestrantes:
Alessandra Giovanini – Coordenadora do Núcleo de Violência Sexual e Aborto Previsto em Lei, do Hospital Pérola Byington

Pedro Antonio de Oliveira Machado – Procurador da República

Priscila Costa Schreiner – Procuradora da República

Lisiane Braecher – Procuradora da República

Programação:
18h00 – Início das palestras

19h30 – Término das palestras e encerramento do evento

Local: Templo de Salomão – Rua Celso Garcia, 605 – São Paulo – SP 10º andar

UNIcom – Departamento de Comunicação Social e de Relações Institucionais da Universal


  • Unicom 


reportar erro