Rede aleluia

Notícias | 26 de outubro de 2019 - 16:54


 Caminhada do Amor promove diálogo inteligente entre casais

 Evento aconteceu neste sábado (26) em 180 cidades brasileiras e 140 países

Com a proposta de promover o diálogo entre casais, aconteceu, neste sábado, 26 de outubro, a sexta edição da “Caminhada do Amor”. Realizada em todo o Brasil, em 180 cidades e em mais de 140 países, a “Caminhada do Amor” reuniu casais que fecharam a agenda de compromissos para dedicarem tempo ao relacionamento.

Em São Paulo, mais de 12 mil pessoas participaram do evento, no parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo. A caminhada também contou com a presença dos escritores e apresentadores do programa “A Escola do Amor – The Love School”, Renato e Cristiane Cardoso, que abriram o evento.

Renato destaca que para que haja o amor inteligente o casal deve aprender a ter o diálogo também inteligente. “Sem diálogo você não pode expressar o que está dentro de você. O diálogo tem que ser motivado pelo que está dentro da pessoa. A gente tem o costume ruim de achar que o outro entende, que o outro tem que adivinhar e não é assim”, pontuou ele.

Além disso, ele ainda explica que o evento estimula o casal a ouvir um ao outro. “Só depois de ouvir o outro você pode falar algo inteligente. O problema de muitos casais é que eles não ouvem e querem falar por cima do outro”, destacou Renato.

Cristiane, por sua vez, pontua que a “Caminhada do Amor” é um momento único para a mulher. “Muitas vezes ela tem certos comportamentos para chamar a atenção dele, então a ‘Caminhada do Amor’ é um presente, principalmente para a mulher”, ponderou Cristiane.

Ademais, Cristiane ainda destaca que a “Caminhada do Amor” é um momento para o homem conhecer mais a esposa. “A mulher é uma caixinha de surpresa. Então ajuda o homem a conhecer um pouquinho mais a mulher dele e não errar tanto com ela”, concluiu.

Momento inesperado

Em meio à “Caminhada do Amor”, a dentista Ketillyn Guedes Maciel de Souza, de 24 anos, foi pedida em casamento. No palco, com direito a música e mais de 12 mil pessoas de testemunhas, o autônomo Marcio Rodrigues, de 26 anos, ajoelhou-se e fez o pedido.

“Eu não desconfiei, nem passou pela minha cabeça. Eu achava que a gente daria testemunho. Mas o pastor começou a falar com ele e eu comecei a entender tudo, mas eu não imaginava”, pontuou a jovem.

O pedido de casamento, para Marcio, teria que ser especial e marcante, por isso, escolheu a “Caminhada do Amor” para eternizar o momento. “Desde que comecei a namorá-la, ela já percebeu que eu não gosto de fazer nada de forma tradicional. Eu sempre busquei fazer algo que ficasse marcado na vida dela, afinal de contas, é um momento único”, relata Marcio.

Eles ainda acreditam que começar a nova fase no relacionamento, na “Caminhada do Amor” é fundamental para o sucesso do futuro casamento. “Agora vai ser melhor ainda. Conhecer melhor, saber o que gosta ou não gosta, porque a proposta da caminhada é justamente essa e eu tenho certeza de que será fundamental para nós”, finaliza Ketillyn.

Manutenção necessária

Diferentemente de Marcio e Ketillyn, Lia Mara Quino da Conceição, de 40 anos, e José Nilton da Conceição, de 42 anos, (foto ao lado) estão casados há 20 anos. Para eles, dedicar tempo ao relacionamento faz com que a manutenção do casamento esteja sempre em dia.

“Sempre tem que haver o momento do casal. É um tempo que temos para ambos colocarem a relação em acordo. São vinte anos juntos, mas sempre tem algumas coisinhas para alinharmos e estarmos ainda mais juntos. A gente recebe um guia de perguntas que no dia a dia não dá para fazer, então a gente separou este momento”, pontuou Lia.

Além disso, José ainda pondera que a “Caminhada do Amor” é um momento de se ajustar. “O casamento precisa sempre ser colocado em dia, ver o que precisa mudar e o que precisa ser ajustado. Não basta ser casado, tem que ter um relacionamento bacana cuidar, atender e ver o que precisa mudar”, concluiu ele.

Solteiros inteligentes 

Além dos casados, os solteiros também participaram do evento. Renato Cardoso esclarece que, para um futuro relacionamento duradouro, o casal deve começar a aprender o diálogo funcional desde o namoro. Para ele, muitos casais namoram, noivam e se casam sem de fato se conhecerem.

“É claro que o casamento traz um outro nível de conhecimento, mas há muitas coisas que vocês precisam saber muito antes de se casar. A caminhada incentiva os namorados a saber o que perguntar para que decidam se querem um ao outro para a vida inteira”, explicou Renato.

Tainara Rufino e Gabriel do Nascimento, ambos de 19 anos, (foto acima) namoram há dois anos. Mesmo jovens eles já demonstram interesse em começar uma vida juntos de forma correta.

“É uma prática que a gente tem que criar desde cedo, para que no casamento a gente saiba lidar um com o outro”, disse Tainara.

Foi ela quem convidou o namorado para participar da caminhada. “Eu acho muito bom estar aqui com ela cuidando do nosso relacionamento e do nosso futuro”, concluiu Gabriel.

Outas localidades

Em outros lugares, o dia foi igualmente especial para casais dispostos a viver um amor inteligente. Na Praia Grande, localizada no litoral paulista, por exemplo, os participantes contagiaram com a animação. Saiba mais no vídeo abaixo:

Confira também mais imagens da Caminha da Amor na galeria abaixo:


  • Rafaela Dias / Fotos: Demetrio Koch 


reportar erro