Rede aleluia

Notícias | 10 de novembro de 2019 - 18:13


Bispo Edir Macedo realiza Congresso Renovação

Evento da Unigrejas para diversas denominações aconteceu no Templo de Salomão

“Nós temos que ser humildes”. Com essa mensagem o Bispo Edir Macedo iniciou o Congresso Renovação no Templo de Salomão, realizado neste sábado (9). O evento contou com a presença de milhares de líderes evangélicos de diversas denominações, além de ser transmitido ao vivo para todo o mundo por meio do Univer Vídeo. 

Para ilustrar a importância da humildade entre os servos de Deus, o Bispo destacou a seguinte passagem bíblica: 

“E seguiu Davi pela encosta do monte das Oliveiras, subindo e chorando, e com a cabeça coberta; e caminhava com os pés descalços; e todo o povo que ia com ele cobria cada um a sua cabeça, e subiam chorando sem cessar.” – 2 Samuel 15:30 

O Bispo explicou que naquele tempo Davi passava por um período muito difícil, tendo inclusive de lidar com um filho que queria matá-lo. Por isso, cobriu sua cabeça de vergonha e andou descalço como os servos faziam, chorando ao encontro de Deus. 

“Davi escolheu o caminho da humildade. Mas o caminho da humildade é seguindo por uma fé inteligente. Porque para você ser humilde, você tem que ter fé”, afirmou o Bispo. 

De acordo com ele, a falta dessa humildade é o grande problema encontrado dentro das igrejas evangélicas, inclusive entre os líderes. Muitos acreditam que, por possuírem o título de pastor ou bispo, por exemplo, estão acima dos demais. Mas o que deve ocorrer é exatamente o contrário. 

“Nós, como líderes, temos que dar mais do que aqueles que são liderados por nós”, declarou o Bispo. “Foi isso o que Jesus falou na Santa Ceia. Ele se curvou diante dos pés dos discípulos e foi lavar seus pés. […] O Deus da glória se curvou diante dos discípulos cheios de pecados, de egoísmo. […] Quer dizer: o maior serviu os menores. E nós temos que servir aqueles que nós lideramos”. 

O oxigênio que respiramos 

Para que essa humildade exista, explicou o Bispo Edir Macedo, é necessário que a pessoa esteja no Reino de Deus. E isso só é possível com fé: 

bispo edir macedo“O Reino de Deus é como uma bolha. Nós entramos no Reino de Deus e respiramos o oxigênio de Deus, que se chama fé. Essa fé, a própria fé que vem do Espírito da Fé, que é o Espírito Santo”, declarou o Bispo. “O Espírito de Deus nos dá o oxigênio dEle. O oxigênio do Reino de Deus. E esse oxigênio é que mantém a gente de pé.” 

Para o Apóstolo Marcos Sabalo (foto ao lado, com a Bispa Ieda), representante do Espaço Apostólico Tabernáculo Shekinah, essa foi a mensagem mais importante transmitida durante o encontro: 

“Verdadeiramente, a fé é o oxigênio da nossa vida. Essa Palavra transmitida pelo Bispo Macedo nos motiva, nos enche de esperança. A fé traz recursos extraordinários, trazendo um novo modelo de vida para nós”. 

Já o Pastor Paulo Goularte, da Igreja do Evangelho Quadrangular, que viajou de Porto Alegre (RS) para participar do Congresso, relata que foi muito importante ouvir essa Palavra enviada por Deus. 

“Quando a gente está com o coração aberto, com alma aberta para receber e para aprender a gente cresce”, declarou ele. “Como o Bispo Macedo falou, o oxigênio do cristão é a fé. Se faltou a fé, faltou oxigênio, faltou tudo. Então, eu saí dessa manhã muito grato, feliz. Vou levar essa mensagem para a igreja, para as pessoas que estão com a gente também”. 

Esse é exatamente o objetivo da Universal ao realizar eventos da União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos (Unigrejas). 

“Nós projetamos esse trabalho da Unigrejas para que Deus venha a abençoa-los, para que almas sejam salvas e se multiplique o trabalho de salvação de vidas”, declarou o Bispo Macedo. “Quando a pessoa é realmente de Deus nada lhe dá mais prazer do que ver uma alma sendo salva. Esse é o salário da gente. Essa é a glória que Deus me dá: quando eu vejo pessoas batizadas no Espírito Santo”. 

bispo edir macedo

Unigrejas: Conheça e Participe 

Unigrejas é um trabalho criado pela Universal em 2014, que foi intensificado em 2017 e oficializado em 2018. O objetivo é unir igrejas e líderes evangélicos do Brasil para colaborar com o crescimento do Evangelho em nosso país. 

Respeitando as particularidades de cada denominação, a Unigrejas realiza, mensalmente, encontros em diversas cidades do país. Ademais, o projeto busca divulgar e auxiliar o trabalho realizado por todas as denominações participantes. 

Como explicou o Bispo Eduardo Bravo, presidente do Unigrejas, durante o Congresso Renovação, “nós temos que conquistar mais qualidade com a unidade. Esta é a proposta principal da Unigrejas. Colaborar para que isso aconteça”. 

 

A Bispa Ieda Sabalo, do Espaço Apostólico Tabernáculo Shekinah, descreve o quão importante é participar desse projeto: 

“Essa aliança está fazendo a diferença em nossa vida. Ela está fortalecendo espiritualmente, está fortalecendo o nosso ministério. E nós temos a certeza de que realmente nós estamos fazendo a coisa certa. O Bispo Macedo é uma grande inspiração para a nossa vida. Nós estamos muito felizes porque Jesus está voltando e essa união das igrejas é um dos sinais da volta do Senhor Jesus.” 

bispo edir macedoPor sua vez, o Pastor Aldo Santana, presidente das Assembleias de Deus, ministério de Barueri, relata que “nós vivemos hoje uma guerra muito grande entre as religiões, entre os pastores, e isso não é bom. Nós temos que olhar a igreja como um todo, olhar a igreja como o Corpo de Cristo, como Reino de Deus. E, quando a gente tem essa visão de reino, nós podemos ver que realmente Jesus não morreu por uma placa de uma igreja. Acredito eu que ninguém vai ao Céu surfando na placa da sua igreja, mas nós vamos ao Céu por meio do precioso sangue de Jesus”. 

Já o Diácono Cláudio Guilherme (foto ao lado), da Assembleia de Deus O Senhor É Nossa Bandeira, que viajou com a Pastora Graça desde Realengo para acompanhar o encontro no Templo de Salomão, ressalta que o Brasil está passando por um momento muito complicado até mesmo politicamente, em que muitos querem que os evangélicos sejam proibidos até mesmo de espalharem a Palavra de Deus. Para que o Evangelho não perca força, a união é necessária.

“Nós proliferamos uma fé só, que é a Palavra de Deus, a Palavra de Cristo, que é o Livro Sagrado que está em nossas mãos. Então é muito importante”, afirmou o Diácono. “Me senti maravilhado. Senti a presença de Deus dentro deste Templo. Fiquei impactado com a obra, que é muito bonita, muito linda. Fora isso, a recepção da Unigrejas nos fez sentir muito bem, deste o início até o final”.

Entre em contato:

Você e sua igreja também podem participar da Unigrejas. Para isso, entre em contato pelo e-mail contato@unigrejas.com. 

Como conclui o Apóstolo Marcos, “se uma pessoa orando é um grande poder, imagine milhares igrejas orando”. 


  • Andre Batista / Fotos: Demétrio Koch 


reportar erro