Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 27 de dezembro de 2017 - 02:05


Ansiedade: quando a dúvida vence a fé

Essa doença ataca milhões de pessoas no mundo inteiro. Saiba como superá-la

Uma estudante de Artes da Universidade de Phoenix, no Arizona (Estados Unidos), publicou, em seu Facebook, uma assustadora descrição de sua doença: a ansiedade. Entre outras coisas, a moça, chamada Brittany Nichole Morefield, declarou:

“Ansiedade é simplesmente ter dificuldades em respirar. Ansiedade é acordar às três da manhã e perder totalmente o sono porque o seu coração está acelerado […] Ansiedade é tomar banho às duas da manhã. Ansiedade é mudar de humor em poucos minutos. Ansiedade é tremer incontrolavelmente. Ansiedade é chorar lágrimas de verdadeira dor. Ansiedade é náusea. Ansiedade é incapacitante. Ansiedade é aterrorizante.”

Em poucos dias, essa postagem alcançou mais de 400 mil curtidas e mais de 190 mil compartilhamentos. Dos quase 60 mil comentários, a maior parte é de pessoas relatando que sofrem com os mesmos problemas ou indicando a leitura para outras pessoas que também têm ansiedade.

Essa é uma doença que se espalhou rapidamente pelo mundo nas últimas décadas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 322 milhões de pessoas no mundo inteiro sofrem com transtornos de ansiedade e depressivos. Somente no Brasil, mais de 18 milhões de pessoas têm a enfermidade.

Mas o que é, exatamente, a ansiedade?

Nas palavras de Brittany, “ansiedade é medo. Ansiedade é preocupação. Ansiedade é ser fisicamente e psicologicamente drenado”.

De acordo com o bispo Renato Cardoso, esse sentimento angustiante controla totalmente a pessoa que sofre com o mal: “Ansiedade não esvazia o seu amanhã de tristezas, mas sim o seu hoje de forças. Forças que você precisa para criar uma solução e executá-la. Ansiedade lhe faz viver o mesmo problema mil vezes antes dele acontecer. Ela lhe faz temer algo que só existe dentro da sua imaginação”.

Ele explica que “por causa da ansiedade, uns ficam paralisados e outros se precipitam. Não tomam nenhuma atitude ou se apressam e provocam um desastre”.

Como vencer o mal

Brittany questiona-se sobre como Deus permitiria que uma pessoa sofra dessa maneira. Porém, esquece-se de que Ele só pode agir na vida do homem caso isso Lhe seja solicitado. O antídoto para o problema dela e tantos milhões de pessoas é, justamente, pedir e permitir que o Criador se manifeste em suas vidas.

“O contrário de ansiedade é calma, tranquilidade com boas doses de confiança e certeza de um resultado positivo. Resumindo em uma palavra: fé”, explica o bispo Renato Cardoso. “Fé em que ou quem? Em alguém que pode lhe garantir um resultado positivo.”

E esse Alguém só pode ser Deus, pois Ele é o único capaz de livrar o ser humano de qualquer dúvida. Quem tem fé em Sua ação não se permite abater por incertezas, pois sabe que a vitória virá.

Como afirma o bispo, “a boa notícia é que esse Alguém é nosso Pai. E qual o pai que não sabe o que seu filho precisa? Qual a mãe que já não deixou de ter para si para dar ao filho? Será que esse Pai que cuida tão bem de plantas e animais não cuidará de seus filhos? Esta é a base da fé que anula e vence toda ansiedade do seu coração”.

Ao contrário do que muitos pensam, a ansiedade é sim uma doença real e, muitas vezes, até mesmo letal. Todavia, sua cura está ao alcance de todos. Se você tem sofrido com algum grau de ansiedade, visite hoje mesmo a Universal mais próxima de sua casa e descubra como fazer de Deus o seu remédio.


  • Por Andre Batista / Imagem: Thinkstock 


reportar erro