Rede aleluia
‘Altar Jovem’ prepara para fazer parte da Obra de Deus
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 2 de Dezembro de 2022 - 17:43


‘Altar Jovem’ prepara para fazer parte da Obra de Deus

Interessados em participar dessa reunião devem procurar a Força Jovem Universal

‘Altar Jovem’ prepara para fazer parte da Obra de Deus

O Bispo Celso Júnior, responsável pela Força Jovem Universal (FJU), promoveu reuniões especiais do “Altar Jovem” nas cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, com jovens que desejam fazer a Obra de Deus.

A Universal realiza um trabalho voltado para o público jovem desde a inauguração da Igreja.

Eles têm a oportunidade, por meio de reuniões e de vídeos, de entender melhor o real

significado do Altar, de servir a Deus. Assim, com consciência, podem se definir, cientes do que é na verdade fazer a Obra no Altar, se o desejo for este.

Na capital fluminense, a reunião foi realizada no coreto da praça Jardim do Méier no dia 27/11, às 15h, e recebeu cerca de mil jovens. Nesse mesmo local, há 45 anos, o Bispo Edir Macedo, então evangelista, comparecia todos os sábados com um teclado, microfone e uma Bíblia, e pregava para poucos. “O trabalho era breve e objetivo. Juntava as pessoas, anunciava o poder de Jesus, cantava um hino tradicional e clamava por milagres”, lembrou o Bispo em sua biografia “Nada a Perder”.

O Bispo Celso explicou que os jovens foram levados ao coreto para entenderem o que o Altar é. “Mostrar que um homem no coreto foi usado por Deus e, através dele, o mundo inteiro está sendo evangelizado e outros estão se tornando discípulos. Aqueles jovens que já se tornaram Filhos de Deus e querem seguir ganhando almas — pois essa é a vocação da vida deles — o Altar é para eles”.

Ana Vitoria Ribeiro esteve presente no “Altar Jovem” realizado na praça Jardim do Méier. Para ela, “foi um privilégio enorme estar nessa reunião — ali onde tudo começou. Eu creio que o chamado foi confirmado, e estarei amarrada ao Altar até o último minuto da minha vida, não importa o que aconteça!”

O filho de Deus permanece firme

 Em São Paulo, o local escolhido para a reunião “Altar Jovem” foi a Universal da Rua Promotor Gabriel Nettuzzi Perez, localizada no bairro de Santo Amaro.

Na autobiografia “Nada a Perder”, o Bispo Macedo conta que pregava nesse templo todos os domingos e quartas-feiras. Segundo o relato do líder espiritual da Universal, no dia 24 de maio de 1992, o culto durou duas horas. “Falei muito sobre a importância de manter uma aliança com Deus e como devemos confiar acima de tudo, e em quaisquer situações, porque sempre o que Deus faz é bom e coopera para o nosso bem.” Saindo de lá, naquele dia, o Bispo foi preso.

O Bispo Celso explicou que a intenção de levar os jovens até a Universal da Promotor foi mostrar-lhes que o trabalho missionário não é fácil. “Há guerra, perseguição, injustiça. O Bispo Macedo foi preso injustamente, mas o filho de Deus permanece firme”, lembrou o responsável pela FJU.

“Me senti privilegiada por poder estar nessa reunião, Existem coisas que Deus permite na nossa vida, que não entendemos no momento. Porém, tudo que Deus permite tem um propósito maior, lá na frente entendemos. Tudo coopera para o nosso bem, crescimento e amadurecimento. Nós, servos de Deus, iremos passar pela provação, perseguição pelo deserto. Mas são as lutas que nos fazem mais fortes e que nos levam para mais próximo de Deus”, avaliou Evellyn Nascimento, que assistiu à reunião realizada na Universal Promotor.

Os interessados em participar da reunião “Altar Jovem”, devem procurar o responsável pela FJU em sua cidade.


‘Altar Jovem’ prepara para fazer parte da Obra de Deus
  • Unicom / Fotos: Instagram @bpcelsojunior 


reportar erro