Rede aleluia
“A vida só tem valor quando está no altar”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 8 de julho de 2018 - 03:05


“A vida só tem valor quando está no altar”

Em reunião que marcou seu retorno de viagem missionária, o Bispo Edir Macedo explica a importância da verdadeira entrega

“A vida só tem valor quando está no altar”

Quando as portas do Templo de Salomão foram abertas, perto das 8 horas da manhã, no primeiro dia de julho, uma pequena multidão já aguardava do lado de fora para entrar e assistir à reunião com o Bispo Edir Macedo. O culto marcou seu retorno de viagem missionária. E, às 9h30, o Templo já estava completamente lotado.

Novo semestre, novas metas

No início da reunião, o Bispo Renato Cardoso, responsável pelo trabalho da Universal no Brasil, registrou que estamos na segunda parte de 2018 e que o momento é oportuno para a definição de novas metas, a serem alcançadas até o final do ano, e que, para isso, é preciso ativar a fé.

Deus é Deus de alvo, de metas, de objetivos, de visão. E, segundo ele, aquele que sabe o que quer deve agir da mesma forma como a pessoa que tem um objetivo esportivo e se abstém de muitas coisas em prol de uma luta. “Abrir mão de certas coisas em prol de coisas maiores é o processo para obter os nossos alvos. Talvez sua meta seja ter O Espírito Santo de Deus, talvez seu alvo seja financeiro, espiritual, na família, na saúde, mas, seja ela qual for, a fé te dá o direito de definir o que quer. Deus nos dá a fé para definirmos alvos”, comentou.

O Bispo destacou a história dos heróis da fé e dos apóstolos, descritos na Bíblia. Por meio deles podemos entender, com riqueza de detalhes, a importância de levarmos uma vida com propósito, que é a chave para alcançarmos quaisquer objetivos. Em I Coríntios 9.24-25, trecho lido durante a reunião, a Escritura Sagrada traz uma reflexão relativa ao assunto: “Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis. E todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, uma incorruptível”.

A humildade

Logo após o Bispo Renato Cardoso indicar que todos avaliassem suas metas e objetivos para o novo semestre, o Bispo Edir Macedo passou a conduzir a reunião.

Inicialmente, ele realizou uma oração por aqueles que desejavam alcançar o perdão e a misericórdia de Deus, ter um encontro verdadeiro com Ele e, consequentemente, ter paz e alegria.

Durante a busca pelo Espírito Santo ele pediu que todos fizessem silêncio e ouvissem a Voz de Deus. Na ocasião, muitos foram renovados.

Após a oração, no momento da leitura e meditação na Palavra, o Bispo comentou a importância de se achegar a Deus com humildade. Dessa forma é possível obter direção para conduzir a própria vida. “As coisas de Deus não são para todos, mas para aqueles que O buscam de todo o coração. Os arrogantes, os orgulhosos, os que se acham, os que confiam em si mesmos, não têm esse privilégio, mas sim aqueles que entregam suas vidas de forma humilde”, explicou.

A força

O Bispo trouxe aos presentes a consciência da força que vem do Altar, citando o exemplo de alguém que precisa se submeter a uma cirurgia. Em troca de se ver livre daquele mal que está em seu corpo, a pessoa precisa confiar no médico. E, com relação a vida com Deus, não é diferente.

“Quando a gente entrega a vida para Jesus, a gente deixa de confiar em nossa competência, em nossa reputação, em nosso dinheiro, em nossos entes queridos, em tudo. A gente simplesmente se entrega. O Espírito Santo, o Poder do Alto, vem e faz de nós novas criaturas. Faz uma cirurgia completa: tira a mente velha, o coração corrupto, enganador, e coloca um novo coração, uma nova mente, uma nova visão. Nossos valores mudam 100%.”

Ao final, ele explicou que a vida só tem valor quando está no Altar. “É o Altar que santifica você, que faz você ser uma pessoa temperada, justa, verdadeira. Faz de você uma pessoa excelente, não melhor”, concluiu.


“A vida só tem valor quando está no altar”
  • Por Flavia Francellino / Fotos: Demetrio Koch 


reportar erro