Rede aleluia

Notícias | 10 de janeiro de 2019 - 10:57


A relação entre a fé e as tempestades da vida

Petrônio Gontijo conta detalhes da cena em que Jesus anda sobre as águas na trama da Record TV e fala de fé

Todos nós temos buscas pessoais e sempre há algo especial que almejamos alcançar em nossa vida. Muitos acreditam que, além de agir para atingir o que se quer, é fundamental ter fé para conseguir realizar seu objetivo. Uma passagem bíblica nos ajuda a entender a importância de ter essa atitude. Em Mateus 14:22-36 há o relato de que Jesus havia mandado seus discípulos em dois barcos para atravessar o mar da Galileia enquanto ele se despedia da multidão que os seguia em terra. De madrugada, em meio a uma tempestade, Jesus anda sobre as águas para chegar aos discípulos. Quando o veem, eles acreditam que se trata de um fantasma, mas Jesus confirma a eles que Ele anda sobre as águas e lhes diz que não tenham medo. Pedro sai do barco e caminha sobre as águas para ir ao encontro de Jesus. Por causa do vento forte, ele se apavora, sente medo, afunda e pede socorro ao Senhor. Pedro estava muito perto de ficar ao lado dEle, mas vacila no momento que não deveria. Jesus lhe estende a mão e pergunta por que ele tinha duvidado.

O texto descrito acima foi adaptado para a novela Jesus e recentemente foi ao ar pela Record TV. O ator Petrônio Gontijo, de 50 anos (foto à direita), que vive o personagem Pedro e também é conhecido por ter interpretado o Bispo Edir Macedo na versão para o cinema da trilogia Nada a Perder, fala das preparações para dar vida ao personagem e de como foi realizar a gravação dessa cena que mostra algo tão marcante na trajetória de Jesus e de seus discípulos.

Laboratórios

O ator conta que foi graças a Fernanda Guimarães, preparadora de atores, contratada pela Record TV, que fez vários laboratórios (exercícios para que os atores tenham experiências em diversas situações). “Quando cheguei para gravar a novela em Marrocos, eu já tinha lido bastante e me encontrei com a Fernanda e com as pessoas do núcleo da casa de Pedro. Lá nós fizemos várias vivências para conseguir sintonizar os personagens e como eles se relacionavam com base no texto da autora da novela, Paula Richard”.

Pescaria

Gontijo relata que também participou de vários laboratórios de pescaria. “Aprendi a jogar a rede e a puxá-la, a conduzir um barco e a remar com um amigo do Rio de Janeiro que é pescador. Eu já sabia remar um pouco, mas não com a maestria de Pedro. Então, aprendi a remar com maior organicidade e fiquei muito próximo do mar, dos pescadores e das pessoas que vivem nesse local. Assim pude entender um pouco do que é essa vida de quem mora na beira da praia. Também imaginei como seria isso há dois mil anos, mas não descuidei das leituras. Até hoje eu faço isso para tentar me transportar para aquela época”, revela.

Aparato

Para o ator, a maior dificuldade para realizar a cena em que Jesus anda sobre as águas aconteceu por causa de todo o aparato que foi montado para a filmagem. “Foi construída uma piscina enorme e estruturas gigantescas jorravam água em cima dessa piscina, tinha vento e o diretor falava no alto-falante para coordenar tudo. Então foi necessária extrema concentração para nos mantermos atentos durante a madrugada, lidarmos com o frio e ficarmos molhados dentro dos barcos. Mas tentamos nos cercar de tudo que pudesse nos dar algum tipo de conforto para podermos fazer a cena: usamos roupas de neoprene por baixo das túnicas e tínhamos chocolate quente do lado da piscina. Tudo isso nos ajudou a encarar algumas madrugadas e a conseguir levar essa cena ao público”, analisa.

Baseada na Bíblia

Na opinião de Gontijo, a adaptação da cena feita pela autora, Paula Richard, é perfeita. “Ela é muito fiel ao que está escrito na Bíblia e foi realizada de forma muito objetiva e simples, o que tocou a todos os que estavam envolvidos. Conversamos muito a respeito dessa cena para chegarmos a um consenso de como contá-la e de como fazê-la. Gravamos toda a sequência para não deixar escapar nada e não perder o que tínhamos combinado no começo por meio do depoimento de cada um, em cima do que tinha sido lido e da compreensão geral a partir do texto bíblico e da forma como a autora nos entregou a cena. O resultado é muito bonito e fico muito feliz de ter feito parte de tudo isso”, afirma.

Postura

O ator ainda faz uma avaliação da representatividade da cena: “ela aborda a fé e ter certeza absoluta. E é isso o que desejo a todos os meus amigos e a todas as pessoas neste ano novo: que entremos acreditando nos nossos sonhos e tenhamos fé de que o melhor vai acontecer. Acho que essa postura nos afasta das reclamações e também nos ampara nas dificuldades. Acredito que esse tipo de comportamento nos faz viver com mais alegria nesse mundo”, conclui.


  • Eduardo Prestes/ Fotos: Blad Meneguel  



reportar erro