Rede aleluia

Notícias | 18 de março de 2019 - 11:10


A oportunidade no mercado de trabalho

UNP e Projeto Ler e Escrever oferecem cursos para que ex-detentas conquistem independência financeira

A Universal nos Presídios do Estado do Rio de Janeiro e o Projeto Ler e Escrever têm contribuído para que muitas mulheres que estavam privadas de liberdade ingressem no mercado de trabalho. O incentivo é feito por meio de cursos profissionalizantes de manicure, perfumaria, alongamentos de unhas, de tranças e de cabelo.

Fátima Marques, coordenadora do Projeto Ler e Escrever em Del Castilho, no Rio de Janeiro, explica a importância de realizar esse trabalho: “o Projeto Ler e Escrever, além de oferecer a alfabetização e de proporcionar formação para aqueles que não concluíram o primeiro segmento do ensino fundamental, também tem auxiliado na formação de novos profissionais. Nessa iniciativa temos a parceria da UNP para profissionalizar ex-reclusas e detentas”.

Aprendizado
O curso de manicure acontece na Universal de Del Castilho, toda segunda-feira, das 13 às 17 horas, e a turma tem 23 alunas. As inscrições para este e outros cursos são realizadas por meio de entrevista feita pela missionária Roselene Utrini Vieira Vitalino, responsável pelos cursos da UNP no Estado.

“Conhecemos um pouco da história de cada mulher, pois tivemos a oportunidade de trabalhar com elas no sistema prisional, e cremos em Deus e na ressocialização delas”, ressalta Roselene.

A missionária direciona cada uma das entrevistadas para o curso com o qual elas mais se identificam. A alimentação e o transporte até o local das aulas são custeados pela UNP.

Resultado
E a vida de muitas delas tem mudado, como relata a ex-reclusa Suzana. “Eu agradeço a Deus todos os dias por ter conhecido esse trabalho da UNP dentro do presídio. Deus me deu uma nova chance e, por meio desse curso, posso
recomeçar”, afirma.

Clodoaldo Rocha, responsável pela UNP no Brasil, explica que as aulas são oferecidas em todos os Estados onde o trabalho do grupo é realizado. “A UNP enxerga de todas as formas uma oportunidade de prestar auxílio aos que estão privados de liberdade e também para os egressos em sua volta à sociedade. Hoje nós temos, em todo o território nacional, locais onde oferecemos cursos e damos a essas pessoas a oportunidade de se profissionalizarem.”

Para mais informações, entre em contato com a Central da UNP em São Paulo no telefone (11) 2790-1150 ou na Universal mais perto de você.


  • Maiara Máximo / Fotos: Cedidas 



reportar erro