Rede aleluia
A justiça e o juízo nos relacionamentos 
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 6 de Maio de 2021 - 22:38


A justiça e o juízo nos relacionamentos 

Aprenda com Abraão e seu filho, por que é necessário que haja ordem e disciplina entre os casais

A justiça e o juízo nos relacionamentos 

Nesta quinta-feira (6), dando início à nova fase das palestras sobre os casais de Gênesis, Renato e Cristiane Cardoso começaram a falar sobre o casal Isaque e Rebeca, na Terapia do Amor, no Templo de Salomão. Na ocasião, eles destacaram que para entender sobre o relacionamento de Isaque, é necessário voltar um pouco à história de Abraão.

Renato e Cristiane explicaram que Abraão tinha a preocupação de encontrar uma esposa de Deus para seu filho, porque dependia dessa escolha para que a promessa de Deus se cumprisse, 

“Porque eu o tenho conhecido, e sei que ele há de ordenar a seus filhos e à sua casa depois dele, para que guardem o caminho do Senhor, para agir com justiça e juízo; para que o Senhor faça vir sobre Abraão o que acerca dele tem falado.” Gênesis 18:19

Ele criou seu filho na justiça e no juízo, para que isso também refletisse no relacionamento de seu filho. Assim, também, segundo Renato, para que as bênçãos de Deus alcancem o ser humano é necessário ter a “mesma atitude de Abraão, essa mesma fé, ordem e disciplina”.

Contudo, muitos casais e solteiros têm vivido em completa desordem e injustiça. Renato aconselhou que solteiros busquem alguém que “já escolheu Deus” antes. Por outro lado, os casados devem implementar a justiça em seu matrimônio, mesmo que apenas um esteja nesta fé.

“Ser justo é pensar o que é o certo para ser feito. Nessa situação, não é o que você sente, porque nem sempre o que você sente é certo, e o certo você não tem vontade de fazer”, disse Renato.

Cristiane, por sua vez, pontuou que o cônjuge que decidiu ser justo em seu casamento não deve “baixar o nível”, porque o outro não tem o acompanhando na decisão. 

“Na sua justiça, você faz a outra pessoa ver que ela está sendo injusta. {…} E quando ela se enxerga, aí sim, ela cai na real’, afirmou.

Ademais, Renato ainda ponderou que, seguindo o exemplo de Abraão, não há como Deus não honrar o ser humano. “De uma forma ou de outra, a promessa que Ele fez para você, através de Abraão, vai ter que se cumprir”, completou.

Terapia do Amor

Com o objetivo de auxiliar casais e solteiros em suas questões relacionadas à vida amorosa, todas as quintas-feiras, acontece a palestra da Terapia do Amor. Em todos os templos da Universal, pastores e suas respectivas esposas ensinam sobre o amor inteligente. Clique aqui e encontre uma Universal mais próxima de você.

No Templo de Salomão, as palestras acontecem às 10h, 15h e 20h. A última palestra do dia é conduzida pelos professores do “The Love School – Escola do Amor”, Renato e Cristiane Cardoso. O Templo está localizado na Avenida Celso Garcia, 605, Brás, São Paulo.


A justiça e o juízo nos relacionamentos 
  • Rafaela Dias / Foto: Reprodução 


reportar erro