Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de abril de 2018 - 03:00


A fé não facilita as coisas

Bispo Edir Macedo explicou sobre o assunto, durante reunião no Templo de Salomão

Na quarta-feira, dia 11 de abril, o Bispo Edir Macedo realizou a reunião da Escola da Fé, no Templo de Salomão. Na ocasião, o Bispo ensinou aos presentes que a fé não torna as coisas fáceis, pelo contrário, ela exige sacrifícios.

O Bispo baseou seus ensinamentos na Bíblia, no capítulo 9 do livro de João, onde está descrita a história do cego que foi curado por Jesus.

Tendo dito isto, cuspiu na terra, e com a saliva fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo.”

Siloé era o tanque de mais difícil acesso. Para chegar a ele, era necessário descer um vale e mais uma escadaria com 34 degraus. Uma tarefa difícil para um cego. O Bispo explicou que Jesus teria poder para curá-lo naquele momento, mas não o fez, pois precisava que a fé do cego, que era cego de nascença, fosse despertada.

“Jesus não facilitou a vida do cego, não teve sentimento de pena, porque a fé exigia isso. Jesus precisava que o cego acreditasse em sua Palavra e que tivesse sua fé despertada, por isso, lhe impôs o sacrifício”, esclareceu o Bispo.

Para alcançar as promessas de Deus, o ser humano precisa virar as costas para os desejos carnais e assumir o sacrifício de obedecer a vontade dEle, por meio do Espírito Santo. “A fé exige um sacrifício. Se você não sacrifica, é porque não crê”, ressaltou ele.

Para sacrificar, no entanto, é necessário contar com o Espírito Santo, pois apenas dizer que ama a Deus não é o suficiente. “É preciso se entregar 100%. Para que o Espírito Santo possa entrar em nós, primeiro, temos que dar nossas vidas a Ele. É tudo ou nada. É preciso colocar a fé em prática e se lançar de corpo, alma e espírito”, concluiu.

Confira a reunião completa no vídeo abaixo:

Para receber mais ensinamentos a respeito dos segredos da fé, participe hoje de uma reunião na Universal mais próxima de você. Os endereços você encontra aqui.


  • Por Rafaela Dias / Fotos: Demetrio Koch 


reportar erro