Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de maio de 2019 - 03:05


A diferença entre “ser de Deus” e “fazer a obra de Deus”

Bispo Edir Macedo esclarece a importância da mudança de caráter promovida pelo Espírito Santo. Saiba mais

Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-Me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1.8

Se observarmos atentamente o versículo acima, veremos que o Senhor Jesus, ao dizer essas palavras, estava explicando que os resultados colhidos da obra espiritual são apenas consequência da mudança interior promovida pelo Espírito Santo.

“O Senhor Jesus não está falando apenas no recebimento do Espírito Santo para que se faça milagres. Ele foca o ‘ser’ e não o ‘fazer’. Porque muita gente faz a Obra de Deus. Mas, quando o Espírito Santo vem, Ele quer formar na pessoa o caráter de Jesus. Ele nos faz ser espírito, novas criaturas”, esclareceu o Bispo Edir Macedo, durante mensagem da Palavra Amiga.

Esta passagem bíblica nos ajuda a compreender o motivo do Senhor Jesus também ter dito:

Muitos Me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em Teu nome? E em Teu nome não expulsamos demônios? E em Teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de Mim, vós que praticais a iniquidade. Mateus 7.22-23

Essas pessoas mencionadas pelo Senhor Jesus “aprenderam” a fazer a Obra de Altíssimo, mas não receberam a mudança interior promovida por Ele.

“Do que adianta eu conhecer os mistérios do Reino de Deus, ter informações e fazer a Obra de Deus, mas não obedecer a Palavra dEle? Não adianta nada. Muito mais do que fazer, Ele quer que tenhamos o caráter dEle”, continua o Bispo.

Ele acrescentou que muitas pessoas transmitem uma aparência de santidade, mas que, na realidade, estão contaminadas com o pecado. Há aqueles que até fazem a Obra do Senhor, mas não têm o caráter dEle.

Jejum de Daniel

Por isso, se você está nessa condição, conserte-se com o Senhor Jesus enquanto há tempo. De hoje até o dia 9 de junho, acontece o propósito “Jejum de Daniel” para o avivamento do Espírito Santo. O encerramento será no dia de Pentecostes com o derramamento do Espírito Santo, direto do Cenáculo de Jerusalém. Se você deseja esse avivamento espiritual participe dos encontros que acontecem no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima de sua casa.

Continue acompanhando as novidades sobre o Jejum de Daniel aqui, no Universal.org.


  • Daniel Cruz / Foto: Divulgação 


reportar erro