Rede aleluia
A cura pela fé
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de Janeiro de 2022 - 20:20


A cura pela fé

Doença tomou corpo de jovem e quase a levou à morte. Saiba o que aconteceu

A cura pela fé

A pele irritada, machucados espalhados pelo corpo e fortes dores são características da doença pênfigo, mais conhecida como “fogo selvagem”. A doença, autoimune, se manifesta com o aparecimento de bolhas na pele, principalmente no couro cabeludo, tórax e rosto.

Além de muito doloroso, se não tratado em tempo, o problema pode evoluir para todo o corpo e até para órgãos internos, levando à morte. O paciente precisa de cuidados especiais para evitar infecções e restaurar a epiderme.

Embora o pênfigo não seja contagioso, muitas pessoas resistem ao contato com quem tem a doença, por causa da aparência comprometida do portador.

Foi o caso de Kelly Solis Guimarães. Após dar à luz o seu filho, ela foi afetada pela doença e passou a sofrer com as consequências dolorosas. Kelly relata que sentia muitas dores e também o corpo queimar, além disso, também desejou a morte.

Apesar de vários tratamentos para conter o avanço da doença, Kelly, só encontrou a cura na fé e após fazer uso do óleo consagrado.

Veja no vídeo abaixo como ela alcançou a cura total da doença:

Distribuição única do óleo sagrado

Neste domingo, dia 30 de janeiro, no Templo de Salomão e em toda Universal (consulte o endereço aqui) ocorrerá a distribuição gratuita do óleo sagrado. Será um evento único no ano, portanto, um dia extremamente especial. Não perca!


A cura pela fé
  • Sabrina Marques / Foto: Reprodução 


reportar erro