Rede aleluia
A Bíblia Manuscrita foi lançada oficialmente em todas as capitais do Brasil
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de Dezembro de 2021 - 00:05


A Bíblia Manuscrita foi lançada oficialmente em todas as capitais do Brasil

A obra é uma iniciativa da Unigrejas. O evento contou com a presença do Bispo Edir Macedo e do Pastor José Wellington Bezerra da Costa

A Bíblia Manuscrita foi lançada oficialmente em todas as capitais do Brasil

Na tarde do dia 7 de dezembro, ocorreu o lançamento da Bíblia Manuscrita, em São Paulo e em todas as capitais do Brasil.

Diversas lideranças evangélicas se reuniram no Memorial das Doze Tribos de Israel, situado no Jardim Bíblico do Templo de Salomão, em São Paulo, para dar início à cópia do Livro Sagrado.

A obra será produzida de modo colaborativo por mais de 30 mil pessoas de todo o Brasil. Cada uma delas transcreverá pelo menos um versículo da Bíblia.

O Bispo Edir Macedo transcreveu os dois primeiros versos do livro de Gênesis, seguido de sua esposa, Ester Bezerra, e do Pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB).

O projeto é uma iniciativa da União Nacional das Igrejas e Pastores Evangélicos (Unigrejas). Todo o trabalho será supervisionado pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB).

Mário Rost, integrante da SBB, esteve presente ao evento e reforçou que esse foi um momento histórico. “Faz aflorar uma grande emoção por saber que a Bíblia chegou até nós através de cópias feitas à mão, há séculos. Foi assim que a Palavra de Deus passou de geração em geração e repetir essa postura de copiar a Bíblia é algo realmente marcante. Será um exemplar especialíssimo. Nos alegramos, apoiamos e acompanharemos o projeto”, afirmou.

Para o advogado da Unigrejas, Jean Regina, além de a iniciativa ser uma celebração da fé, é política e democrática. “Afinal, a Bíblia e seus valores fundaram a civilização ocidental. Um evento como esse declara que nós vivemos num país livre para o exercício da fé. Ela também tem o poder de atrair as pessoas para um diálogo de respeito, para construir a sociedade de maneira fraterna e solidária. É uma bela forma de chamarmos a atenção da sociedade”, disse.

Guia para a vida
O Bispo Macedo usou a ocasião para exaltar o valor e o poder presentes nas Sagradas Escrituras. “Eu era refém do inferno, perturbado, mas, quando tive acesso à Palavra de Deus, ela me libertou.

Foi glorioso. Comecei a conhecer Deus. Ela é uma riqueza incalculável”, contou.

O Pastor José Wellington Bezerra da Costa, (foto abaixo) que há 59 anos prega o Evangelho, avalia que foi um marco para as próximas gerações: “É uma satisfação poder participar desse momento tão solene para nós, pastores, pois estamos escrevendo, com nossas próprias mãos, a Palavra de Deus. Outras gerações verão como o marco de alguém que teve prazer de servir ao Altíssimo e levar Sua Palavra para milhares de pessoas”.

Da mesma forma, outras autoridades do meio evangélico também se sentiram privilegiadas por participar desta grande realização. Gilvan dos Santos Lima, também da Sociedade Bíblica do Brasil, registrou um versículo e ficou emocionado por colaborar. “Escrever a Bíblia é lembrar como isso aconteceu e o cuidado de Deus para que hoje tivéssemos acesso a ela. Sem dúvida, é algo precioso”, reforçou.

Unidade de fé
O presidente da Unigrejas, Bispo Eduardo Bravo, (foto abaixo) explicou que mais de 30 mil pastores e líderes evangélicos de todo o Brasil participarão escrevendo pelo menos um versículo da Bíblia.

Assim, ainda acontecerão de 700 a mil eventos para transcrever os trechos bíblicos. “A ideia de dar início a esse projeto foi uma inspiração Divina. A Bíblia fala de fé, amor, respeito, tolerância, perdão, justiça e tanta coisa boa. Como ela pode ser tão perseguida? Pensando em tudo isso, e sabendo da sua importância, lançamos a Bíblia Manuscrita. Com toda certeza pessoas serão tocadas. Este é um evento histórico”, declarou.

O Bispo Bravo acrescentou que a obra deve ser finalizada em aproximadamente cinco meses. Logo depois de reunir todos os versículos, escritos em uma folha padronizada, a Sociedade Bíblica do Brasil vai reuni-las e preparar o livro que ficará exposto no Memorial do Templo de Salomão. Acompanhe o trabalho pelo Instagram @bibliamanuscrita e pelo site bibliamanuscrita.com.


A Bíblia Manuscrita foi lançada oficialmente em todas as capitais do Brasil
  • Rafaella Rizzo / Fotos: Demetrio Koch 


reportar erro