Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de maio de 2020 - 13:58


52 decisões certas de Neemias – 20ª semana

Se alie a pessoas com a mesma unidade de espírito

“E ao seu lado reparou Salum, filho de Haloés, líder da outra meia parte de Jerusalém, ele e suas filhas.” Neemias 3.12

De acordo com o Bispo Júlio Freitas, este versículo nos mostra a importância de termos ao nosso lado pessoas que, mesmo sendo diferentes de nós, tenham o mesmo propósito e a mesma fé. Desta forma superamos os obstáculos com mais facilidade e com mais rapidez.

O Bispo explica que embora cada um de nós tenhamos personalidade, temperamento, formação diferentes, se a fé, o espírito e o objetivo são os mesmos,  então devemos nos aliar uns aos outros, nos colocar um ao lado do outro, em prol desse objetivo que é  servir a Deus.

“O Senhor Jesus usou dessa tática de escolher pessoas com personalidades, temperamento e formação diferentes. Nenhum dos discípulos era igual. Cada um tinha uma personalidade, uma formação, um temperamento. E mesmo com essas diferenças Deus os chamou e os uniu com o objetivo de servi-lO, de obedecê-lO. E assim foi formada a igreja do Senhor Jesus”, destacou.

Leia também:

19ª semana – 52 decisões de Neemias

18ª semana – 52 decisões de Neemias

A importância da unidade de espírito

Assim também foi na época de Neemias quando eles se uniram na reconstrução de Jerusalém.

Portanto, “é preciso analisar com quem você tem se aliado. Porque, como podemos ver nessa passagem bíblica, todos os que tinham como objetivo a reconstrução de Jerusalém se colocavam um ao lado do outro. E quem não estava do lado deles era contra eles”, observou o Bispo.

Então, não espere que as outras pessoas sejam iguais a você. Contudo, é importante destacar que todos que são de Deus têm a mesma fé. “Então, nessa 20ª decisão, ligue-se àqueles que têm o mesmo espírito e o mesmo objetivo. Pois, a unidade de espírito faz a diferença”, aconselhou.

Acompanhe abaixo o vídeo da 20ª semana:


  • Jeane Vidal / Foto: Getty Images 


reportar erro