Rede aleluia
19 de junho: Dia Nacional do Luto
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 18 de Junho de 2021 - 21:29


19 de junho: Dia Nacional do Luto

Como ajudar as pessoas a lidarem com as perdas? Entenda o que é preciso para seguir em frente

19 de junho: Dia Nacional do Luto

A chave para entender o luto é perceber que ele é diferente para cada pessoa e não, necessariamente, envolve a morte; ele também pode estar ligado ao fim de um relacionamento, por exemplo.

A verdade é que o luto representa a perda de alguém ou de algo que amamos. Ele traz um sentimento de tristeza profunda. Para quem fica, entender como lidar com a morte é sinônimo de luto, de tristeza e também de superação.

Segundo a Sociedade Psicológica Britânica, o luto pode causar diversos sintomas emocionais e físicos, entre os mais comuns estão a sensação de estômago revirado, coração acelerado, dor no peito, tremedeira e, claro, lembranças de situações que foram vividas. E pior, o luto pode levar à depressão.

Normalmente, durante o período de luto, há uma batalha interna, na qual uma parte aceita a perda e a outra insiste em negar. Mas, isso é completamente normal, e é neste momento que é preciso aprender a como se livrar dele.

A Bíblia diz:

“Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito” (Salmos 34.18)

No versículo acima, a Palavra de Deus ensina que as pessoas não devem deixar seu coração ser incomodado e perturbado, nem mesmo durante o luto, porque Deus está com elas.

Por isso, nos momentos de dificuldade, busque a ajuda do Altíssimo. Apenas com a fé fortalecida e com a força do Espírito Santo é possível encontrar a salvação para os problemas e afastar qualquer tristeza e amargura.

Grupo Consolador

O grupo Consolador, da Universal, realiza semanalmente um trabalho de evangelização nos cemitérios de todo o Brasil. O objetivo principal é levar a Palavra de Deus aos que sofrem pela perda de um ente querido, aos que se encontram apegados fortemente às lembranças do passado [e continuam sofrendo] ou mesmo que vivenciam momentos tristes nos cemitérios, a fim de que estes sejam consolados pelo Espírito Santo e venham receber a Sua Paz.

O grupo teve suas atividades iniciadas em dezembro de 2015. Os voluntários também se disponibilizam a fazer orações e prestar assistência espiritual nos Institutos Médico Legal (IML) do Brasil, bem como em capelas, velórios e cemitérios. Além desse auxílio, fazem acompanhamento às famílias que enfrentam o luto com visitas aos lares delas.

Ademais, se você está sofrendo a dor da perda, participe hoje mesmo de uma Reunião na Universal e receba o fortalecimento espiritual para superar essa situação. Encontre, clicando aqui, uma Igreja mais próxima de sua casa. Ou você pode conversar agora com um Pastor Online agora mesmo.


19 de junho: Dia Nacional do Luto
  • Sabrina Marques / Foto: Istock 


reportar erro