Rede aleluia

Notícias | 22 de julho de 2016 - 03:05


1 tonelada de alimentos é doada à comunidade de Cochabamba

Ação realizada em cidade da Bolívia reuniu mais de 70 voluntários

Há 19 anos, a Universal vem desenvolvendo importante trabalho de evangelização na Bolívia. Diversas ações sociais acontecem ao longo do ano, para levar, além de doações, um pouco de conforto, amor e a Palavra de Deus às comunidades mais carentes do país.

No último dia 10 de julho, a cidade de Cochabamba recebeu uma ação social no bairro de Kara-Kara, local onde se encontra uma maioria de moradores com recursos mais escassos.

Mais de 70 voluntários da Evangelização, do Força Jovem e obreiros, estiveram presentes distribuindo as doações arrecadadas. Cerca de 300 famílias foram beneficiadas com aproximadamente 1 tonelada de alimento e mais de 300 peças de roupa.

O pastor Flavio Pinheiro, responsável pelo trabalho evangelístico em Cochabamba, acompanhou toda a ação e realizou uma oração para os enfermos e para a proteção de todos os moradores da comunidade.

“Esse dia é muito importante, não apenas por levar o alimento físico, mas, sobretudo uma palavra de ânimo, esperança e fé para as pessoas que foram marginalizadas e abandonadas pela sociedade. É um privilégio estar realizando este trabalho, e ver no olhar de cada uma delas a alegria e a gratidão”, comentou o pastor.

A senhora Maribel Mamani, de 34 anos, grávida do sétimo filho, foi abandonada pelo marido. Mesmo nesse momento de dificuldade, ela comenta com esperança sobre a ajuda que recebeu. “Graças a Deus e aos voluntários da Universal, eu estou recebendo esta ajuda de alimentos e roupas que nos beneficiará justo no momento mais crítico da minha vida”, afirmou ela.

Você gostaria de ser um voluntário e participar de ações sociais como essa? Conheça mais sobre os grupos e projetos em uma Universal mais próxima de sua casa. Quer saber mais sobre o trabalho de evangelização nos países latino-americanos? Clique aqui e acompanhe as ações que têm sido realizadas em diversos países como Bolívia, Argentina, Paraguai e Venezuela.


  • Da Redação / Fotos: Cedidas 



reportar erro