“Meu marido tem o costume de colocar senha no celular”

Por Lorrainne Silva / Foto: Fotolia

O sinônimo de casamento é união. Sendo assim, quando o casal passa a compartilhar a vida, não deve esconder nada um do outro, certo? Certo, mas não é o que acontece com alguns casais. Nesta edição do A Escola do Amor Responde, os professores Renato e Cristiane Cardoso tratam do assunto. Confira.

Aluna – Meu marido tem o costume de colocar senha no celular, mas eu sempre descubro. Encontrei conversas e fotos indecentes no telefone dele e não sei que atitude tomar. Dentre os problemas que temos, além do meu ciúme fora do normal, esse é o mais grave. O que faço?

Cristiane – É claro que você tem ciúme fora do normal, qualquer mulher teria se o marido ficasse conversando com outras mulheres. Você não pode aceitar isso e fingir que nada está acontecendo.

Renato – Inicialmente, o ciúme é normal, mas você não deve tolerar isso. Precisa ser uma mulher forte. Em primeiro lugar, seu marido deve pensar mil vezes antes de fazer a besteira que está fazendo. Maridos de mulheres fortes têm temor, porque eles sabem que se pisarem na linha o trem os atropela. Como uma mulher forte você precisa saber exatamente o que fazer e exigir uma mudança de comportamento dele. E, assim, ele deve se preparar para as consequências que virão, inclusive possivelmente a de perder o casamento.

Cristiane – Você já deve ter falado com ele que não gosta que ele coloque senha no telefone e ele continua fazendo isso e trocando toda vez que você descobre. E quando isso acontece ainda tem que ver coisas indecentes dele. Aliás, a ideia do marido ou da esposa colocar senha no celular sem passá-la para o cônjuge é muito estranha. O casal deve ter a senha um do outro e acessar a hora que quiser, afinal, não deveria ter nada a esconder. A senha serve simplesmente para proteger o celular de outras pessoas contra roubo.

Renato – Vamos dar aqui algumas dicas do que é ser essa mulher forte que estamos falando. Em primeiro lugar, ela não deve reagir emotivamente, não deve fazer drama, e achar que essa é a pior consequência que o marido pode sofrer. Essa é a vantagem de muitos maridos. Eles sabem que, se errarem, o máximo que vai acontecer é a esposa brigar, fazer drama, mas depois isso passa e ela volta a conversar com ele como se nada tivesse acontecido. A mulher forte não faz drama, ela toma atitudes e sabe exatamente estabelecer qual é a sentença para o marido "de acordo com o crime" .

Cristiane – Contudo, para se tornar essa mulher forte tem que haver um trabalho interior, é algo que acontece dentro de cada pessoa, quando a mulher aprende a se amar e a se valorizar. Depois disso, ela aumenta os seus padrões, começa a ser forte com o que vê de errado, a não aceitar qualquer coisa, ou seja, a força passa a vir de dentro. Mas você e outras mulheres não devem confundir as coisas. Ser forte não é ser agressiva, como muitas mulheres estão pregando por aí. Não é ser louca, não é decidir pagar com a mesma moeda: traindo ou saindo para baladas. Isso não é ser forte, e nós não estamos falando aqui para que você faça isso, porque vai continuar sofrendo. Essa força tem que vir de seu interior e esse trabalho nós fazemos nas palestras da "Terapia do Amor", pois não temos como ensinar tudo o que você precisa saber apenas com algumas dicas aqui.

Renato – Você precisa aprender a lidar com seus próprios medos, pois geralmente a mulher que não é forte sente medo de confrontar o marido e que ele vá embora. Ela pensa que será ruim ficar sem ele e por medo de perdê-lo aceita tudo que o ele faz. Entretanto, no momento que o seu marido erra e não sofre as consequências, pode ter certeza de que ele vai continuar errando e cada vez mais, porque ele vai testando os seus limites.

Cristiane – A mulher forte não tem medo de ficar sozinha nem tem medo de perder porque ela sabe que vai ganhar, mesmo aparentemente perdendo.

Renato – A mulher forte não fica sozinha. Ela pode ter momentos em que terá de ficar sozinha para poder impor respeito, mas não vai ficar sozinha por muito tempo, pois o homem dá valor às mulheres fortes. Então, eu lhe convido a participar da "Terapia do Amor" para se tornar essa nova mulher. Venha aprender a fazer isso. Acesse universal.org/enderecos/ e veja o local mais próximo de sua casa.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente