Detentos recebem atendimento odontológico

Por Sabrina Marques / Foto: Cedida

Como de costume, os voluntários do grupo Universal nos Presídios (UNP) têm buscado ajudar as pessoas que se encontram atrás das grades, bem como os seus familiares. Constantemente, detentos de várias partes do Brasil recebem uma palavra de fé, conforto e também diversas doações como cestas básicas, kits de higiene, roupas, calçados, Bíblias, livros, entre outras.

Recentemente, os integrantes do UNP de Americana, no interior de São Paulo, inovaram na forma de ajudar. Durante as palestras realizadas com os detentos no Centro de Detenção Provisória AEVP Renato Gonçalves Rodrigues, localizado na cidade, os voluntários perceberam que muitos presos se queixavam de dores nos dentes. Apesar de a unidade prisional dispor de um cirurgião dentista, a maioria dos detentos não conseguia atendimento e, por isso, sofria com as dores.

Ao perceberem essa necessidade, os voluntários do UNP - juntamente com a cirurgiã dentista Marciana Canto Pessanha - prestaram atendimento a eles. Os procedimentos realizados foram: exodontia (extração de dentes), restaurações estéticas, procedimentos de emergência e limpeza. No momento do atendimento, a profissional também orientou sobre os cuidados básicos de prevenção e higiene bucal.

Esta foi a primeira vez que a profissional atuou como voluntária em um presídio, o que para ela é um trabalho gratificante. “Durante o período acadêmico, fazíamos trabalhos voluntários como este em regiões carentes, mas nunca em presídios”, relatou a dentista.

Ao todo mais de 70 internos receberam o atendimento odontológico, e mais de mil esperam para serem ajudados. Por isso, a assistência que era dada quinzenalmente, passará a ser semanal; ela também atenderá aos profissionais que trabalham no presídio.

“Do trabalho contínuo da Universal nos Presídios, surgiu a ideia de oferecer os serviços de odontologia, inicialmente aos detentos desta Unidade Prisional, com perspectiva futura de estender também aos servidores”, explicou Heber Anaor Janei, diretor técnico do Centro de Detenção de Americana.

O programa social

O grupo Universal nos Presídios desenvolve um trabalho de ressocialização e evangelização com a população carcerária há mais de 30 anos, apresentando aos presos condições de uma vida longe do crime. O grupo oferece aos detentos cursos de capacitação profissional, oficinas de artes, atividades esportivas, atendimento médico, dentário e orientação jurídica. Além disso, funcionários e familiares dos presos também recebem auxílio como cafés da manhã na porta dos presídios, livros e informativos.

Para saber mais sobre as ações do grupo Universal nos Presídios, curta a página oficial no Facebook do bispo Eduardo Guilherme, coordenador geral do UNP em todo o País, clicando aqui. Caso queira se tornar um voluntário, encontre aqui uma Igreja mais perto de sua casa e informe-se com o responsável.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente