7 dicas para alcançar o bem mais precioso para o ser humano

Por Daniel Cruz / Foto: Shutterstock

A Salvação precisa ser constantemente cultivada para ser mantida. Infelizmente, há pessoas que não tomam os devidos cuidados para mantê-la, e a consequência disso é a morte espiritual.

Em todo o Novo Testamento, registrado na Bíblia, encontramos orientações valiosas dos apóstolos para que alcancemos esse objetivo. Algumas dessas orientações vêm por meio de Pedro, um dos 12 discípulos de Jesus. No livro de 2 Pedro, no capítulo 1, do versículo 5 ao 7, ele deixa 7 dicas para quem deseja alcançar a Salvação. Confira quais são elas:

1) Pedro pede para que apliquemos toda a nossa força para unir a nossa fé com a virtude. A virtude é a vontade natural que uma pessoa tem de praticar o bem, de fazer o que é correto. Por isso, é fundamental que nos esforcemos para agir de acordo com os mandamentos de Deus. Na vida do cristão deve haver um comprometimento com a fé no Senhor Jesus:

“Por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude...” 2 Pedro 1.5

2) Depois temos de unir a nossa virtude com o conhecimento das informações relacionadas com Deus. Por meio do conhecimento conseguimos entender quais são as vontades do Altíssimo para com a humanidade. Compreendemos o que Deus espera de nós e como podemos servi-Lo adequadamente:

“... com a virtude, o conhecimento...” 2 Pedro 1.5

3) É também extremamente importante que o cristão tenha o domínio de si mesmo, um dos frutos do Espírito Santo, porque na Terra há uma constante batalha entre a Luz e as trevas. Se mantivermos o domínio próprio não cederemos ao diabo, mas viveremos conforme Cristo deseja e orienta em Sua palavra:

“... com o conhecimento, o domínio próprio...” 2 Pedro 1.6

4) Contudo, se não houver perseverança em tudo isso, não há como a pessoa se manter nos caminhos de Deus. O percurso que o Reino dos Céus exige é muito difícil, “estreito” (nas palavras do Senhor Jesus), portanto, sem persistência, sem resistir às tentações e manter viva a fé no Altíssimo não será possível alcançar o resultado almejado:

“... com o domínio próprio, a perseverança...” 2 Pedro 1.6

5) O Reino de Deus é fundamentado no bom relacionamento entre as pessoas. Por isso, Pedro também acrescenta à lista a piedade. A pessoa piedosa é empática com as outras pessoas, sabe viver em sociedade respeitando os demais e as leis; ela é gentil e sabe perdoar aqueles que erraram contra ela. Aliás, essas são duas das orientações do Senhor Jesus: amar o próximo como a si mesmo (Marcos 12.33) e perdoar o quanto for necessário (Mateus 18.21-22):

“... com a perseverança, a piedade...” 2 Pedro 1.6

6) Por isso, é importante que as pessoas saibam viver em comunhão entre si e com o Criador. A vivência no Reino de Deus é baseada na fraternidade entre todos – o oposto ao sentimento egoísta pregado neste mundo:

“... com a piedade, a fraternidade...” 2 Pedro 1.7

7) Assim, a última dica – mas, não menos importante – dessa lista é ter amor – pelas pessoas e por Deus. O mundo não sabe o que é ter amor, é por isso que há tanta fome, miséria e violência espalhadas por aí. Esse amor é no sentido de ter consciência da importância que há em promover a afeição, a proteção, a consideração, o respeito, o entusiasmo, o desejo de fazer o bem, pelo Reino dos Céus:

“... com a fraternidade, o amor.” 2 Pedro 1.7

Encontro com Deus

Todos os domingos, em toda a Universal acontece o Encontro com Deus. Veja o endereço mais próximo de sua casa ou participe no Templo de Salomão - os horários variam conforme a localidade.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente