Rede aleluia
O poder do testemunho
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 19 de Outubro de 2021 - 16:08


O poder do testemunho

O poder do testemunho

O poder do testemunho é divino. Até hoje eu me lembro do testemunho da minha mãe, que me educou na correria da Obra de Deus.

Passamos por 6 escolas e em nenhuma delas consegui fazer raízes pelo pouco tempo que passamos ali.

Não passeávamos aos sábados e nossa vida era de casa para igreja, igreja para casa, casa para escola, escola para casa.

Não conhecíamos as modas, as festas, os lugares, as conversas das crianças da nossa idade.

E nem por isso nos revoltamos ou murmuramos, pois no pouco, tínhamos tudo que precisávamos: paz

Sim, nosso lar tinha paz. Meus pais tinham paz.

E essa paz foi o testemunho que Deus usou para me alcançar, pois falava para mim mesma: quando eu crescer, quero o que eles têm.

Às vezes, as pessoas procuram mostrar isso e aquilo para serem então admiradas. Mas a paz não se mostra, se vê — por isso ela é tão divina, fala e testemunha perfeitamente o nosso Pai.

Quem tem paz, se sujeita sem problemas pois ninguém pode tocar em quem você é por dentro.

Por isso a mulher de Deus se sujeita ao seu marido e não se sente inferior a ele.

“SEMELHANTEMENTE, vós, mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavra;” I Pedro 3:1


O poder do testemunho
  • Cristiane Cardoso 


reportar erro