Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 31 de março de 2020 - 10:49


Gente que se amaldiçoa sem querer

Não se toca, não se fala, não se prejudica, não se atrapalha, não se condena, não se aponta o dedo para um escolhido de Deus

Muita gente não se dá conta de quanto se amaldiçoa. É o dinheiro que nunca dá conta das despesas, é a saúde que nunca se estabiliza, é a constante instabilidade emocional, é o relacionamento que nunca funciona, e até a fé que está sempre em baixa. Normalmente, essas pessoas concluem que seus problemas fazem parte da vida, mas será mesmo? Ou será que elas estão sendo amaldiçoadas e nem sabem disso?

A partir do momento que se toca em alguém que tem uma aliança com Deus, do tipo de Abraão, ou seja, de vida, se toca na menina dos olhos de Deus. Não importa se tocou na ignorância, por causa de fake news, fofocas, rumores ou por um mal-entendido. Consciente ou não, quem toca ou fala, ou prejudica de qualquer maneira um escolhido de Deus, vai dar conta disso com Deus.

Foi o que aconteceu com Abimeleque e toda sua casa, quando este tomou Sara para si. Abraão tinha falado que ela era sua irmã e o rei obviamente não viu nada de errado em levá-la para o seu harém. Logo depois disso, uma praga se instalou no seu palácio e todo mundo ficou estéril. Deus então apareceu em sonho para Abimeleque e o alertou, que se ele não devolvesse Sara, além daquela praga, ele e toda sua família iria morrer. E não só isso, além de ter que devolver Sara, teria que pedir a Abraão para orar por ele!

Abimeleque O respondeu dizendo que Abraão o tinha enganado. Será que Deus puniria uma nação justa por causa disso? E olha que bacana, Deus disse que foi por isso que Ele não tinha deixado Abimeleque tocar em Sara, ou seja, o rei tinha a levado para o harém, mas Deus não tinha permitido que ele a tocasse, senão, certamente, todos morreriam por isso. Depois que Abimeleque devolveu Sara e pediu a Abraão que rogasse por ele, sabendo que estava lidando com alguém extremamente importante para Deus, “tomou ovelhas e vacas, servos e servas” e deu de presente a Abraão, para compensar todo constrangimento. OU SEJA, além de pedir perdão, pediu oração, ainda lhe compensou!

Não se toca, não se fala, não se prejudica, não se atrapalha, não se condena, não se aponta o dedo para um escolhido de Deus, pois quem faz isso, o faz contra o próprio Deus. Veja o exemplo do filho de Noé, que expôs a nudez do pai e foi amaldiçoado, não só a sua vida toda, mas a de toda sua descendência.

Noé errou se embebedando na vinha? Errou. Abraão errou omitindo que sua irmã também era sua esposa? Errou. Quando um escolhido de Deus erra, é Deus quem lida com ele. Viu um servo de Deus pecar? Não o exponha a quem não pode ajudá-lo, mas leve a situação a quem pode ajudá-lo, e DEIXA DEUS lidar com ele. A sua parte é ajudar e nada mais.

Na fé.


  • Cristiane Cardoso / Imagem: Getty Images 


reportar erro