Rede aleluia
A esposa espiritual
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 29 de setembro de 2020 - 21:00


A esposa espiritual

Ela é um tipo de proteção para o marido, assim como o marido espiritual é dela. Entenda

A esposa espiritual

Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque, sendo ele só, o chamei, e o abençoei e o multipliquei.” Isaías 51:2

Deus poderia ter falado através do profeta para olharmos para Abraão, afinal, ele é quem foi chamado, mas Ele fala para olharmos para Sara também. Se formos procurar referências bíblicas sobre Sara, vamos achar pouquíssimas, diferente de Abraão. O que significa que esse olhar que Deus nos chama a ter é o olhar para o casal. Deus quer usar o casal, Ele quer que sejamos o casal que outras pessoas olharão também. Interessante que no versículo acima, depois de falar para olharmos para Abraão e Sara, Deus continua dizendo que Abraão era só quando o chamou, e Ele o abençoou e o multiplicou. Não seria essa também uma referência de que ambos eram um só, como Deus havia planejado desde o início?

O casal que é um só, é um só em tudo: objetivos, fé, espírito, e até tolerância (um tolera as deficiências do outro). Muitos casais têm vivido vidas separadas, até mesmo dentro da Igreja, e essa distância tem causado várias brechas e a mais comum é que, normalmente, outras pessoas ou coisas acabam ocupando mais a atenção, afetando principalmente a cumplicidade do casal.

A esposa espiritual é um tipo de proteção para o marido, assim como o marido espiritual é dela. Quando ele tem um comportamento ou faz comentários que sinalizam um alerta vermelho, por ela estar sempre ao seu lado e estar atenta, ela sabiamente o corrige e, mesmo que ele não aceite na hora, depois ele aceita (se for espiritual).

Mas, quando um não é espiritual, não vai aceitar essa correção e é aí que o cônjuge espiritual precisa ser firme, forte e corajoso para pedir ajuda pelo seu casamento. Muitas esposas espirituais, mesmo alertando seus maridos do erro que cometiam, não fizeram essa segunda parte de seu papel, que é buscar ajuda. Infelizmente, quando o problema vem à tona, já é tarde demais para o casal ser ajudado.


A esposa espiritual
  • Cristiane Cardoso / Foto: Reprodução 


reportar erro