Deus permite o divórcio?

Saiba o que o Autor do casamento diz sobre esse assunto

Por Núbia Onara / Foto: iStock

Geralmente, quando se pergunta a um casal prestes a casar o que o levou a essa decisão, provavelmente, dirá que foi o amor. Mas, quando um casal divorciado é perguntado sobre a razão de estar se separando, as respostas podem ser por diversos motivos. Mais sérios, como infidelidade, ou até o mais insignificante como, “ele não me entende”, “ele não sai comigo”, entre outros.

Mas, e o amor do início? Se ele tudo suporta, tudo crê e espera, por que mesmo muitos tendo casado por amor, não estão conseguido manter o relacionamento com a mesma razão pela qual começaram?

Motivos banais também eram apresentados na época de Jesus por aqueles que se diziam doutores da lei de Deus. Mas o Messias deixou claro o plano original de Deus, quando criou o casamento.

Reveja no vídeo abaixo esta cena exibida na novela Jesus, que vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir das 20h45, pela Record TV:

Deus uniu

O plano original de Deus para o casamento é de uma união indissolúvel.

“Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne”.

 Gênesis 2.24

A palavra hebraica para “se apegar” no original significa “grudar como cola”, com o objetivo de fundir os dois objetos de modo que você não consiga mais separá-los sem grande dano. Imagine rasgar a própria carne? Isso é o divórcio. Causa feridas profundas e difíceis de cicatrizar. E, claro, violenta os que o sofrem.

Na Bíblia Sagrada com as anotações de fé do Bispo Edir Macedo, ele  destaca que nos dias atuais é muito comum as pessoas se divorciarem por qualquer motivo. Alegam coisas como incompatibilidade de gênios, desgaste na vida a dois, problemas financeiros, vida sexual ruim ou interferência de parentes. Mas para Deus nada disso justifica uma separação, pois Ele projetou o casamento para toda a vida.

“Moisés permitiu que o marido concedesse carta de divórcio à mulher, caso descobrisse que ela havia cometido algo indecente ou imoral (Deuteronômio 24.1). No entanto, Jesus deixou claro que isso foi permitido por causa da dureza do coração do ser humano. A única justificativa aceita por Deus para o divórcio é o adultério”, concluiu o Bispo.

Transformando dor em testemunho

Mas não há situações que não possam ser transformadas se você tiver um desejo sincero de se entregar e permitir que Deus, que é o Autor do casamento, o ajude a recuperar seu casamento, evitando até um futuro divórcio, ou reverter, caso já tenha acontecido.

Mais de 50 mil divórcios foram evitados com o auxílio das palestras da Terapia do Amor. Se você está vivenciando algum problema de relacionamento, não deixe de participar!

No Templo de Salomão, as palestras acontecem sempre às quintas-feiras, em três horários: às 10h, 15h e 20 horas, na Avenida Celso Garcia, 605, bairro do Brás, zona leste de São Paulo.

Para outras localidades, clique aqui e saiba o endereço e horário das palestras.

 

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Deus permite o divórcio?

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games