Homem é filmado arrastando filha pelo capuz do casaco

Caso aconteceu em um aeroporto nos Estados Unidos


Por Rafaella Rizzo / Foto: Reprodução

Uma coisa que os pais têm de lidar constantemente é com a birra dos filhos. Gritos, pés batendo, choro, braços cruzados e cara fechada. Essa é uma cena típica de uma criança que protesta quando algo não saiu como ela queria.

Apesar de ser algo comum, um caso ocorrido no Aeroporto Internacional Washington Dulles, no estado da Virgínia, Estados Unidos, viralizou recentemente. Um pai foi filmado arrastando a filha pelo capuz do casaco em direção à área de embarque.

Veja a cena no vídeo abaixo:

Na descrição da publicação original, o autor do vídeo dizia que ela não estava gritando ou chorando. “Uma outra garotinha – provavelmente, a irmã dela – acompanhava pai e filha a alguns passos de distância, aparentemente envergonhada”, escreveu.

Como o homem não foi identificado, a razão que motivou a atitude é desconhecida. Mas os comentários mais populares afirmam que foi só um momento de birra da criança. Outros acusam o pai de maus-tratos e que nada justifica tal atitude.

Como lidar com as birras?

Muitos pais vivem em um cabo de guerra com seus filhos, tentando convencê-los a fazer algo por meio da imposição ou da violência. Acreditam que ao bater ou com uma atitude como a do homem acima, terão o respeito e o controle dos filhos. Só que não.

birra

É injusto simplesmente reclamar que a criança não obedece. Como cobrar maturidade dela? Você é quem deve entender seu filho e se esforçar para formar um cidadão de bem – o que não acontece na força do braço.

De acordo com Renato Cardoso, apresentador da “Escola do Amor Responde”, em vez disso os pais devem aproveitar os erros dos filhos. “Quando eles erram, normalmente, nós, pais, brigamos, mas isso não resolve o problema. Você tem que enxergar o erro do seu filho como uma oportunidade de ensiná-lo a refletir”, comenta.

Uma boa forma é fazê-lo se perguntar onde erraram, porque isso aconteceu e como mudar. “Ele tirou notas baixas, por exemplo. Perguntem-se o motivo. Foi a falta de estudo? De dedicação? O que ele fará de diferente da próxima vez? São excelentes formas de fazê-lo refletir para não cometer o mesmo erro de novo. A geração de hoje mudou. Pais, entendam que há certos métodos que funcionavam antigamente, mas não funcionam mais”, reflete.

Escola de Mães

Para orientar as progenitoras nestes desafios diários que é criar um filho, desde 2012, a Universal criou inicialmente o projeto “T-Amar” – que em janeiro de 2018 passou a se chamar “Escola de Mães” -, cujo objetivo principal é auxiliar mães a desvendarem os mistérios da maternidade.

Nele, elas recebem apoio, conscientização e valorização por meio de orientações de fé e conselhos práticos, além de também trabalhar com os filhos ensinando valores como obediência, respeito e disciplina.

Neia Dutra é a coordenadora nacional do projeto. Ela garante que, à medida que uma mãe muda seu comportamento, sua família também é transformada. “Quando uma mãe ou um pai muda sua maneira de educar seus filhos, essa ação produz reações não apenas nos filhos, mas em toda a família”, ressalta.

O projeto realiza encontros mensais: todo primeiro domingo do mês elas se reúnem para novos aprendizados. E a cada mês aumenta o número de pessoas alcançadas pelo trabalho. Em 2017, 73.561 pessoas foram beneficiadas.

Para mais informações sobre o grupo acesse a página oficial clicando aqui.

Você também pode receber uma oração pela família todos os domingos às 6h, 9h30 e 18h no Templo de Salomão. O endereço é Avenida Celso Garcia, 605, no Brás, zona leste de São Paulo. Ou em uma Universal perto de você.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Homem é filmado arrastando filha pelo capuz do casaco

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games