UNP Brasil: Ex-detento foi consagrado a obreiro ainda dentro da prisão

Conheça a história de transformação do jovem Danilo Junio, hoje com 23 anos


Por Débora Picelli / Fotos: Cedidas

Aos 17 anos de idade, Danilo Junio de Lima Moura, hoje com 23 anos, começou a se envolver com amizades erradas e envolvidas na criminalidade. Desde então, só pensava em maldades. Como consequência, o jovem mergulhou em um mundo obscuro. Em pouco tempo, passou a vender drogas.

Não diferente da maioria dos que seguem por esse caminho, Danilo não se satisfez apenas em comercializar drogas. Ele começou a praticar assaltos à mão armada e, de acordo com ele, sentia prazer em render as vítimas. “Eu assaltava muitos lugares, como residências e prédios”, conta o rapaz.

Ainda nesta época, Danilo chegou a ser “disciplina” de seu bairro (uma gíria utilizada no mundo do crime que diz respeito a uma espécie de tribunal do crime). Esse termo é dado àqueles que participam de uma facção e têm o poder de escolher o desfecho dos envolvidos em uma briga, por exemplo. “A pessoa analisa os dois lados do ocorrido e decide se dá uma oportunidade para quem apanhou ou se bate novamente na pessoa”, explica ele.

Por amor ele resolveu mudar

Ainda nessa época, Danilo conheceu sua esposa (ambos em foto abaixo), Silvia Inês Alves de Oliveira Lima. Foi a jovem que o impulsionou a seguir por um caminho diferente. “Ela não aceitava o que eu fazia e, por isso, falou para eu escolher entre a vida que eu levava ou ficarmos juntos”, conta ele.

Foi assim que Danilo resolveu parar tudo o que estava fazendo para se dedicar à vida amorosa. “No entanto, o tempo foi passando e só brigávamos. Nada dava certo”, relembra.

Contudo, um convite do avô de Silvia mudou totalmente seu modo de agir. “Ele me chamou para ir à Igreja. Eu aceitei. Peguei firme com Deus”, conta o jovem que chegou até a ser consagrado obreiro.

A vida de Danilo era outra. Entretanto, apesar de fortalecido, ele acabou deixando essa fé se esfriar. “Quando fiz 9 meses na Obra, me afastei presença de Deus. Com isso, tudo desmoronou. Logo voltei a assaltar e traficar. Até que em dezembro de 2016 fui preso”, conta ele.

O começo da transformação

Danilo foi detido por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e receptação. Condenado, ele cumpriu sua pena dentro de três Centros de Detenção Provisória (CDP), nas cidades de Ribeirão Preto, Balbinos e Bauru. Todas, no interior do estado de São Paulo.

Mas o que era para dar errado, na verdade, deu certo, acredita Danilo. Foi exatamente privado de liberdade que ele se reencontrou com Deus. E a Universal – que realiza um trabalho intenso dentro dos presídios teve um papel fundamental nessa mudança de vida de Danilo.

Dentro de um desses presídios, Danilo diz que teve a oportunidade de participar das orações e fortalecer sua vida espiritual. Ele conta que, a partir daí, começou a ter muita vontade de voltar à prática das primeiras obras, ou seja, de estar na presença de Deus e viver o Evangelho de fato e de verdade.

“Fui me libertando e me lavando de todo mal. Me batizei nas águas e comecei a buscar com toda força o Espírito Santo”, disse o rapaz.

Desde então, garante, a diferença foi sentida dentro dele. “Tive a certeza que Deus havia me perdoado de tudo”, comentou Danilo.

O jovem conta ainda que os bispos, pastores e obreiros da Universal fizeram a diferença na vida dele. “Todas as palavras de fé que recebia lá dentro aumentava, cada vez mais, a vontade de chegar perto de Deus. E não apenas isso, as mensagens do Bispo Edir Macedo também me davam força para vencer tudo o que eu tinha de enfrentar”,  pontua.

Nova chance

O tempo passou e no dia 20 de outubro de 2017 Danilo assumiu uma nova missão. Ainda dentro da cadeia, ele foi consagrado a obreiro. Assim, mesmo atrás das grades ele se manteve firme na Palavra de Deus, até que no dia 19 de novembro último, após cumprir 1 ano e 11 meses de prisão, Danilo conseguiu definitivamente sua liberdade.

Desde então, ele tem se dedicado totalmente às coisas de Deus, abrindo mão das deste mundo. Transformado, Danilo conta que sua vida passou a ser abençoada e o seu casamento também.

“Estou feliz por ter Deus dentro de mim. Estou vencendo todas as lutas que enfrento, porque Ele é a minha força”, comemora o jovem.

Homem de Deus

Ele garante que aquele Danilo do passado, um marido agressivo e enganador, e que fazia com que sua esposa não confiasse nele em nada, não existe mais. “Tudo mudou. Hoje sou atencioso, fiel e sei valorizá-la. Isso faz com que ela me reconheça também como um homem de Deus”, reforçou ele.

Hoje, além de trabalhar como frentista em um posto de gasolina, Danilo também participa como voluntário do grupo Universal nos Presídios (UNP) e leva aos presos a mesma mensagem que um dia o salvou.

Para conhecer mais sobre o trabalho que o grupo Universal nos Presídios realiza, acesse o perfil oficial no Facebook, clicando aqui.

Caso queira se tornar um voluntário do grupo, clique aqui e encontre o endereço de uma Universal mais próxima de sua casa.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

UNP Brasil: Ex-detento foi consagrado a obreiro ainda dentro da prisão

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games