Jovens saem da criminalidade e sobem ao pódio

Integrantes da FJU participam de maior campeonato de jiu-jítsu na Argentina


Por Redação* / Fotos: Cedidas

Nos dias 10 e 11 de novembro, a cidade de Buenos Aires sediou o Argentina Open, maior campeonato de jiu-jítsu do país. O evento foi realizado pela Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu Esportivo (CBJJE) e contou com atletas de nível internacional. A Força Jovem Universal (FJU) foi representada por 12 atletas no campeonato, que ganharam cinco medalhas, sendo duas de ouro, uma de prata e duas de bronze.

Esta foi a nona edição do torneio, que contou com 1.100 concorrentes ao pódio em diferentes categorias. Apesar de ser um programa social, a FJU pôde participar do evento como academia oficial de jiu-jítsu reconhecida pela CBJJE.

Oportunidade
O grupo tem contribuído significativamente para que os jovens tenham a oportunidade de mudar o caminho de suas vidas por meio do esporte. Foi assim com os medalhistas Alexis Roa e Jhonny Torres, que chegaram ao grupo de jovens sem perspectivas de futuro.

“Eles se sentiam envergonhados pela vida que levavam, mas saíram dos vícios e da criminalidade para se tornarem referências como atletas. Hoje vivem uma vida nova e transformada graças a Deus e ao esporte”, explicou o treinador e responsável pela FJU da Argentina, Hugo Elblaus.

O jiu-jítsu é uma arte marcial japonesa que utiliza essencialmente golpes de alavancas, torções e pressões para levar o oponente ao chão e dominá-lo. Como em outras modalidades de luta, trabalha a disciplina e os aspectos
físico e psicológico.

Um estudo da Universidade de Tel-Aviv, em Israel, mostrou que quem pratica esportes, incluindo artes marciais, possui autocontrole e tem baixa agressividade.

* Com informações da UNICom

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jovens saem da criminalidade e sobem ao pódio

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games