Empresas estão implantando chips em funcionários, na Europa

O que isso tem a ver com o Apocalipse?


Por Daniel Cruz / Foto: Reprodução

Em países como a Suécia e a Alemanha, a quantidade de adeptos do chip RFID (Radio-Frequency Identification, do inglês) é cada vez maior.

É interessante que há alguns anos, o chip nem sequer era mencionado pela mídia. Mas com o desenvolvimento da internet e o mundo cada vez mais conectado, a tecnologia tem crescido em interessados.

Empresas estão aderindo

Em abril do ano passado, funcionários de uma empresa sueca chamada Epicentre implantaram voluntariamente o chip na mão. Eles utilizaram uma tecnologia parecida, chamada NFC (Near Field Communication, do inglês), que na prática funciona do mesmo modo.

Igualmente, uma empresa de Wisconsin, nos Estados Unidos, chamada Three Square Market, implantou chips em 50 funcionários em agosto do ano passado.

Para que serve o chip?

Basicamente, o chip permite que as pessoas coloquem diversos tipos de informações nele e é possível também rastrear os usos do chip.

Com isso, um chip pode conter o nome do usuário, senhas de cartões de banco, data de nascimento e até moedas virtuais, como o bitcoin. Além disso, o usuário ou outra pessoa pode saber quantas vezes a pessoa foi ao trabalho ou com o que foi gasto o dinheiro.

Como funciona?

Por meio dessa tecnologia ocorre a comunicação sem fio entre o chip e outros dispositivos eletrônicos. Similar ao Wi-Fi ou Bluetooth.

Basta aproximar o chip de um aparelho que também contenha a tecnologia para que a comunicação se estabeleça.

O vídeo abaixo, por exemplo, mostra a colocação e o uso do chip:

Marca da besta?

É inevitável associar essa tecnologia com a “marca da besta”, descrita em Apocalipse, na Bíblia.

Esse livro bíblico, que trata sobre como será o fim deste mundo, diz que chegará um dia em que um líder mundial se apresentará como um deus. Ele é chamado de “anticristo”.

A novela Apocalipse, que foi exibida pela Record TV, mostrou em detalhes a história desse ser diabólico.

Leia também: Novela Apocalipse: anticristo faz o seu pronunciamento ao mundo

Nos primeiros 3 anos e meio de seu domínio sobre as nações, ele se mostrará “bondoso” e trará um discurso de paz. Entretanto, os 3 anos e meio seguintes serão marcados por sua verdadeira natureza infernal. Por meio dele, Satanás e os demônios promoverão um terror neste mundo sem igual.

Para dominar o mundo ele estabelecerá um poder econômico centralizado. Fará com que as pessoas que o aceitarem como “deus” tenham uma “marca” em seus corpos. Por isso, esse elemento ficou conhecido como “marca da besta”.

E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.” Apocalipse 13.16-18

No livro “Estudo do Apocalipse”, o Bispo Edir Macedo escreve: “Há uma inteligência espiritual por trás desses pactos econômicos, e nos parece que essa inteligência quer formar vários blocos para poder controlar todas as nações simultaneamente, e assim preparar o caminho para a manifestação do anticristo, pois este virá com o domínio econômico de todos eles juntos.”

Estudo do Apocalipse

Quer saber mais a respeito do Fim dos Tempos. Então, acompanhe a série de vídeos sobre o tema no Univer Vídeo.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Empresas estão implantando chips em funcionários, na Europa

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games