Ex-criminosa diz: “Eu não sabia que existia algo tão precioso e que não precisava ser roubado”


Por Núbia Onara / Foto: Reprodução

Desde a infância, a ex-criminosa Dayane Andrade, hoje com 36 anos, já tinha contato com o crime, já que um tio dela era envolvido com o tráfico. O irmão também foi preso pelo mesmo motivo e, a partir do momento em que passou a visitá-lo, “o presídio se tornou uma escola do crime para mim”, comenta.

Ali ela conheceu pessoas que a ensinaram como ganhar dinheiro de maneira fácil. Dayane – àquela altura, com 22 anos – já era mãe de uma garotinha de 5 anos, e usava como argumento que tudo o que estava fazendo “era para dar o melhor para a filha”, mas sabia que sua busca era pelos próprios interesses.

Dayane chegou a ser presa duas vezes, sendo que, na última, já tinha sido decretada sua prisão preventiva, porém o advogado conseguiu revogar. Mas a experiência na prisão não fez a jovem mudar suas atitudes, e ela seguiu com seu envolvimento no tráfico.

Até que um dia, Dayane foi convidada por uma voluntária da UNP para participar de uma reunião na Universal. Ali ela entendeu o que de mais precioso ela tinha que buscar: o Espírito Santo.  “Eu não sabia que existia algo tão precioso e que não precisava ser roubado”.

Assista ao vídeo abaixo e conheça a história de Dayane na íntegra:

O grupo Universal nos Presídios

Todos os dias, pessoas que a sociedade acha que não têm mais jeito são alcançadas por meio do trabalho realizado pelo grupo Universal nos Presídios. Se você deseja conhecê-lo, acesse e curta o perfil oficial no Facebook.
Para outras informações ou como se tornar um voluntário, procure a Universal mais perto de sua casa se informe com um pastor.
Acompanhe também pela Rede Aleluia, o programa “Momento do Presidiário”, que é transmitido diariamente, às 21 horas.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ex-criminosa diz: “Eu não sabia que existia algo tão precioso e que não precisava ser roubado”

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games