O que os famosos e você precisam entender sobre o sentimento de raiva


Por Andre Batista / Imagem: Reprodução Youtube

No dia 2 de novembro, o premiado ator Alec Baldwin, estrela de filmes como “Missão Impossível” e “Pearl Harbor”, foi detido por não controlar o sentimento de raiva. O famoso agrediu um desconhecido em um estacionamento. O motivo foi a vaga onde os dois envolvidos queriam estacionar.

Baldwin se irritou a tal ponto que deu socos no outro motorista. Foi levado à delegacia e liberado pouco depois, mas responderá ao processo.

Essa foi a segunda vez em poucos dias que celebridades se envolvem em brigas tolas. No dia 20 de outubro, jogadores de basquete dos times Los Angeles Lakers e Houston Rockets esqueceram-se de que praticavam um esporte e trocaram socos em quadra. Chris Paul, Rajon Rondo e Brandon Ingram foram expulsos e escoltados pelos seguranças para fora da quadra.

Nessa mesma partida, o cantor Anthony Kiedis, da banda Red Hot Chilli Peppers, se exaltou a ponto de partir para cima de Chris Paul, mesmo o jogador estando cercado por seguranças. Resultado: Kiedis também foi expulso e retirado da quadra pela polícia.

Será que tanta raiva faz bem?

A raiva é fruto da indignação. Energia poderosa que é, ela pode trazer malefícios ou benefícios, mas sempre em escalas grandiosas. Baldwin, Paul, Rondo, Ingram e Kiedis se deixaram dominar pelos sentimentos e tiveram grandes prejuízos por isso (o ator está sendo processado, os jogadores foram suspensos e multados e o cantor pode ser proibido de voltar à quadra de seu time).

Em seu blog, o Bispo Renato Cardoso explica que cada um pode usar a raiva “para revolucionar a sua vida ou para a sua autodestruição. Eu conheço pessoas boas, muito talentosas, trabalhadoras, que destruíram suas vidas por causa de um momento de raiva descontrolada”.

Por isso, ele orienta: “Use a sua raiva. Use-a para mudar o que está de errado na sua vida. Use-a como um impulso de energia para fazer as coisas. Use-a para se livrar da prisão dos seus problemas. Mas NUNCA use-a para descontar nas outras pessoas. NUNCA para ferir os sentimentos dos outros. NUNCA faça algo que vá se arrepender depois”.

Vencendo a raiva

Recentemente, durante a palestra Terapia do Amor, Fernando Teles deu seu testemunho explicando que, por pouco, não permitiu que a raiva destruísse seu casamento:

“Eu tinha um temperamento forte e isso me levava a ser grosseiro com a minha esposa.”

O jovem conta que o caso chegou tão ao extremo que o seu relacionamento parecia ter acabado. “Já não havia possibilidades de manter a vida a dois. Foi aí que chegamos à Terapia do Amor. Participando das palestras, aprendemos a respeitar o espaço um do outro e a ter um amor inteligente”.

Fernando aprendeu a controlar seu temperamento e deixou de permitir que a raiva influenciasse negativamente seu relacionamento e, não apenas nesse aspecto, mas em todas as áreas de sua vida.

Caso esteja enfrentando problemas semelhantes, é uma pessoa explosiva e extremamente nervosa, visite a Universal mais próxima de você hoje mesmo e participe de uma das reuniões que acontecem diariamente, e em diversos horários. Você aprenderá o que fazer para mudar completamente a sua vida.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O que os famosos e você precisam entender sobre o sentimento de raiva

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games