Programa social capacita detentos com curso profissionalizante em Goiás


Por Michele Roza / Fotos: Cedidas

Capacitar quem está, hoje, recluso, é dar uma chance para que, ao sair da prisão, o indivíduo consiga um emprego. Com esse intuito, o grupo Universal nos Presídios (UNP) de Goiás, há 15 anos, além de levar apoio material e espiritual aos detentos do sistema prisional do estado, também oferece uma oportunidade de ressocialização e reinserção no mercado de trabalho.

Em parceria com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) do estado e com as Faculdades FAN Padrão, recentemente, o grupo realizou uma aula inaugural do curso a distância (EAD) de Assistente Administrativo, na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Rio Verde, munícipio do interior de Goiás, onde estão 270 presos, atualmente.

É a primeira vez que um curso a distância é implementado em uma unidade prisional do estado. Para a realização dele, os participantes tiveram que se preparar com aulas de informática, para se familiarizar com a plataforma do ensino do EAD.

O objetivo é dar oportunidade aos presos de aprenderem uma profissão, a fim de proporcionar o sustento das necessidades básicas e o auxílio econômico à família, preparando-os para uma ressocialização efetiva e contribuindo com a redução do percentual de reincidência.

Programa “Volta por Cima”

Esse novo curso faz parte do programa “Volta por Cima”, que visa a qualificação profissional dos detentos, oferecendo diversos outros cursos livres com certificação e proporcionando também a remissão da pena, como confecção e customização de chinelos, e empreendedorismo.

Há cerca de 1 ano, o UNP atua na unidade e, semanalmente, realiza ações espirituais, levando a Palavra de Deus aos detentos, e ações socioeducativas complementares, palestras e exibição de filmes educativos. Os cursos têm, em média, duração de seis meses e, ao final, todos que participaram, recebem certificação.

“Os resultados têm sido excelentes porque, além da mudança interior com o trabalho espiritual que realizamos semanalmente, com os cursos eles têm a oportunidade de aprender novas profissões, desenvolver habilidades e também recuperar a autoestima para, ao sair da prisão, começar a trabalhar, se firmar e se sustentar”, comentou o Bispo Manoel Gonzalez, responsável pelo trabalho do grupo UNP em Goiás, que já conta com mais de 400 voluntários.

Estavam presentes também no dia da aula inaugural o Pastor Francisco Marcos, responsável pela UNP de Rio Verde; Adriano Valotto, diretor das Faculdades FAN Padrão; Jhonatan Marques, superintendente de Segurança da DGAP; Adriano Pereira, diretor da unidade; Vildebal Soares, diretor Regional da DGAP; e Renata Dantas, promotora de Justiça de Rio Verde.

Como serão as aulas

As aulas serão orientadas por voluntários do UNP e pelos servidores da unidade e ministradas no laboratório de informática. O DGAP disponibiliza o espaço físico, o mobiliário e a estrutura digital para os cursos. São duas horas de aula, três vezes por semana, com acesso ao conteúdo e cumprimento das atividades previstas no curso, uma vez que os estudos, registros, controle e acompanhamento da plataforma são online e acompanhados pela equipe técnica da instituição de ensino.

Inicialmente foram contemplados 15 detentos (aqueles que atenderam aos critérios de seleção, por exemplo, 6º ano de escolaridade mínima) e mais 4 servidores prisionais. Familiares dos reclusos também serão atendidos na segunda etapa do projeto.

UNP no Brasil

Preocupada com essa população, a Universal desenvolve um trabalho de ajuda espiritual, moral e social há mais de 30 anos em presídios e delegacias de vários estados brasileiros. Como resultado, mudanças de comportamento significativas acontecem entre os detentos.

No Brasil, mais de 25 mil voluntários visitam presídios pelo País e levam apoio espiritual aos detentos por meio da Palavra de Deus. Eles também colaboram com a doação de alimentos, kits de higiene, Bíblias, livros e serviços de saúde. Saiba mais sobre o grupo na página oficial no Facebook.

 

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Programa social capacita detentos com curso profissionalizante em Goiás

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Coordenadora de Conteúdo:

Repórteres:



E-mail para Contato:

Telefone:

Endereço

Cep:

Free WordPress Themes, Free Android Games