A sua vida gira em torno da sua relação?

Saiba por que viver em função do outro pode prejudicá-la


Por Katherine Rivas / Foto: Fotolia

Um dos maiores desafios de muitas mulheres no relacionamento é manter sua individualidade. Na tentativa de agradar ao parceiro, elas deixam de lado outras áreas da vida e fazem de seu namorado ou cônjuge o centro de tudo.

Esse comportamento de viver em função do outro pode parecer invisível aos olhos da mulher, explica Katia Scavone, neuropsicóloga e diretora da Inself Assessoria, mas é fruto de uma insegurança emocional.

Se você está em um relacionamento e esqueceu dos seus sonhos para focar apenas nas conquistas do namorado e só chorar pelos fracassos dele, cuidado! “Quando você larga um objetivo profissional, abandona o que lhe faz feliz ou se afasta de boas amizades apenas para agradá-lo, saiba que está adotando condutas de risco”, alerta.

Essa situação ocorreu com Luiza Candido que, há sete anos, viveu um relacionamento tóxico ao namorar um homem que não tinha comunhão com Deus. Na tentativa de ajudá-lo, ela acabou perdendo o controle de si mesma. “No começo, ele era um príncipe encantado, mas, aos poucos, começou a me podar. Eu era uma pessoa sorridente e ele não gostava, falava para mim ‘você deveria vir trabalhar comigo’ ou ‘melhor não pintar o cabelo’. Eu achava tão lindo o fato dele ter ciúme que deixei de fazer as unhas, o cabelo, ou seja, parei de me cuidar para agradá-lo.”

Longe de ter um relacionamento feliz, Luiza perdeu sua identidade, sofreu agressões físicas e chegou a ter depressão e anemia. “Eu vivia em torno desse relacionamento. Ele era meu mundo e meu deus”, destaca. Com apoio do Godllywood Autoajuda, Luiza conseguiu pôr um fim àquela história.

A neuropsicóloga Katia Scavone diz que viver em função de alguém é um comportamento negativo. “Deixamos de ter uma história própria e perdemos nosso potencial criativo até não sabermos mais quem somos”.

Essa perda da individualidade, além da depressão, pode gerar outras consequências, como episódios de ansiedade e baixa autoestima.

O relacionamento também é prejudicado por causa dessa dependência. Ao viver em função do namorado, a mulher dá “um tiro no próprio pé” porque o risco de perdê-lo é maior. “Quando o rapaz se impressiona com uma moça é por causa da individualidade e da segurança dela. Se ela abre mão disso, perde as virtudes pelas quais ele se encantou”, diz a especialista.

Kátia destaca que o cuidado com todas as áreas da vida da mulher é essencial para um relacionamento saudável, mas adverte que é importante evitar os extremos. “Todo exagero é errado. Não pode haver muita dependência nem excessiva liberdade. É preciso ter um equilíbrio e respeito pelas diferenças”, finaliza.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A sua vida gira em torno da sua relação?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games