Cuidado: Golpe no WhatsApp solicita doação em nome da Universal


Por Michele Roza / Foto: iStock

As mentiras como falsas notícias publicadas em sites e pesquisas enganosas postadas em redes sociais circulam pela internet em uma velocidade impressionante, atraindo milhares de pessoas ao desacerto, à falta de entendimento sobre determinado assunto, instituição ou pessoa.

Dentro deste contexto, a Universal foi vítima, mais uma vez. Uma mensagem está circulando por meio do aplicativo WhatsApp solicitando que as pessoas façam doações, entre R$ 10 e R$ 1 mil, à instituição e se tornem “patrocinadores da obra de Deus”.

O golpe utiliza imagens e até o layout da página de doações do site da Universal. Contudo, a mensagem disseminada é um phishing, que direciona a pessoa para entrar em websites falsos e rouba dados pessoais, número de documentos e senhas de cartões de crédito, por exemplo.

Alerta sobre golpes

Há cerca de 3 meses, o blog “Mitos e Verdades” já havia alertado sobre golpes aplicados em nome da Igreja Universal por meio da rede social Facebook e também de um portal de comércio eletrônico.

Na ocasião, “uma página não-oficial (da Igreja) se utilizava do nome e da imagem do Bispo Edir Macedo, para solicitar ofertas financeiras (…) os textos traziam dados de contas-correntes pessoais para depósito”.

A postagem no Facebook foi removida pela rede social.

Golpes têm finalidades diferentes

Recentemente, nos Estados Unidos, um golpe com trâmite semelhante foi aplicado em mulheres que usavam o Facebook.

Neste caso, o objetivo não era financeiro. Contudo, Richard Gregory Bauer, de 28 anos, usou pesquisas falsas na rede social para convencer a vítima a fazer download de um teste que, na verdade, era um malware, ou seja, um programa destinado a infiltrar-se no computador, com o intuito de causar danos, alterações ou roubo de informações.

Usando táticas de engenharia social, ele invadia a conta da vítima para obter fotos íntimas e depois chantageá-la. Por e-mail, ele ameaçava a mulher dizendo que compartilharia as fotos caso ela não enviasse novas imagens. O criminoso foi preso dia 6 de setembro último e pode ser condenado a até 64 anos em uma prisão federal norte-americana.

Reparação e denúncia

A Universal, além de buscar a reparação na Justiça, também prima por sempre divulgar a verdade.

As únicas formas de oferecer uma doação para a Universal pela internet são ou utilizando o portal oficial, pelo link https://doacao.universal.org, ou a plataforma específica na página oficial da Universal no Facebook.

Se você encontrar qualquer situação enganosa em e-mails, sites, redes sociais e aplicativos de mensagens, denuncie imediatamente. Em caso de dúvida, entre em contato com o UNIcom pelo telefone (11) 2392-3306, ou pelo e-mail unicom@sp.universal.org.br

 

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Cuidado: Golpe no WhatsApp solicita doação em nome da Universal

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000

Free WordPress Themes, Free Android Games