O problema da esposa que carrega o marido nas costas


Por Camila Danta / Foto: Fotolia

No A Escola do Amor Responde desta semana você vai acompanhar as orientações dadas pelo professor Renato Cardoso, respondendo à pergunta uma aluna de Brasília. Ela está casada com um homem que não trabalha nem tem responsabilidade com os filhos (que são de outras mulheres). Apesar de não aguentar mais essa situação, a aluna diz que não consegue se separar dele.

Aluna – Eu quero muito a ajuda de vocês, pois já não sei mais o que fazer. Estou em um relacionamento há um ano e cinco meses e ele está acabando comigo. Eu e o meu marido estamos morando juntos desde que nos conhecemos. Ele não trabalha, apenas faz alguns bicos, tem quatro filhos com três mulheres e não paga pensão. Por causa disso, as mulheres ficam jogando seus filhos para cima de nós. Estou sobrecarregada porque não tenho filhos com ele. Às vezes, essa questão me incomoda, pois ele faz tudo por eles porque não paga a pensão e acho que tem medo de ser preso. Eu gosto dele, mas ele não trabalha nem sustenta a casa. Estamos com muitas dívidas, uma vez que só eu trabalho. Apesar disso tudo, não consigo me separar, parece que algo maior me prende. Ele passa o dia inteiro me xingando e não sei mais o que fazer. Me ajudem, preciso de forças e de amor-próprio.

Renato – Você precisa de mais ajuda do que ele, aluna. Porque, mesmo com todos os problemas dele – e não são poucos – , você ainda o tolera. O seu nível está abaixo do dele. Você o carrega nas costas. O seu amor-próprio praticamente não existe. Você é tão carente que acha que precisa sustentar um homem que não quer trabalhar, não quer cuidar de nada na vida, não se sustenta, xinga e maltrata você, tem todos esses filhos por aí, é irresponsável com todos eles, as ex-mulheres dele ficam perturbando a vida de vocês e você ainda tolera tudo isso.

Você não tem um pingo de amor- próprio e realmente precisa de ajuda. O seu problema não é o casamento, mas algo muito mais sério. A primeira pessoa a ter problema é você e, por causa disso, há um transtorno em seu casamento, que na verdade não é um casamento. Você foi logo morar com ele e o chama de marido. Então, o que você precisa fazer é buscar ajuda urgentemente. Essa carência que você tem a faz aceitá-lo apenas por uma migalhinha de atenção, que talvez ele lhe dê. Você suporta tudo o que ele faz em troca dessa migalha.

Você não consegue enxergar que está carregando esse homem nas costas, que ele não tem perfil para ser um marido, para lhe atender, não tem responsabilidade nem tem nada para lhe oferecer. E, por não enxergar isso, não consegue deixá-lo. Você precisa se fortalecer, perceber o seu valor, desenvolver pelo menos um pouquinho de amor-próprio para entender que essa situação não é para você e conseguir colocar um fim nela.

Caso você não busque essa força, não vai adiantar eu falar para você deixá-lo, para ir cuidar da sua vida, se valorizar e se preocupar consigo mesma. Seu problema é emocional e até espiritual. Você está presa a alguém que é um atraso em sua vida. Você já está há um ano e meio com ele, mas, na verdade, perdeu três anos de sua vida, já que cada dia que passa com ele são dois dias perdidos na sua vida. Quer ajuda? Corra para a Terapia do Amor. Você pode até estar se questionando se eu não creio que ele possa mudar ou se eu não acredito que Deus possa fazer um milagre na vida do seu companheiro. Claro, Ele pode, sim fazer isso tudo. Tanto creio nisso que estou orientando que você busque a Deus em primeiro lugar. O milagre vai começar com você.

Se Deus vai fazer um milagre na vida do seu marido, antes vai começar tudo por você. Porque, caso aconteça uma mudança nas atitudes e no comportamento do seu marido, se Deus transformá-lo, ainda assim não vai resolver o seu problema. Você tem um problema maior do que o dele e precisa buscar ajuda. Então, corra! Não deixe de comparecer à Terapia do Amor, às quintas-feiras.

A Escola do Amor Responde

Diariamente, Renato e Cristiane Cardoso esclarecem dúvidas sobre a vida amorosa. Se você deseja ouvir os podcasts com os programas apresentados por eles, acesse aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O problema da esposa que carrega o marido nas costas

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games