Por que é preciso temer a Deus?

Muitos confundem o temor da fé com o medo. Entenda a importância do respeito diário com o Altíssimo



Por Por Ana Carolina Cury / Foto: Fotolia

Muitas pessoas associam a palavra temor a medo. Quando se trata da fé, ela nada tem a ver com esse receio. Tem a ver, na verdade, com respeito. Sem temer a Deus é impossível sustentar a Salvação. Entenda por que.

A luta entre a carne e o espírito é uma realidade na vida de todos os cristãos, mas aquele que vence é o que está com a fé firmada na lei do espírito e não na lei dos homens. Ou seja, todos aqueles que têm conhecimentos bíblicos sabem o que é certo ou errado segundo a vontade de Deus. Só que saber não é o suficiente. É preciso mais do que isso.

Quando Jesus deixou seus ensinamentos foi claro ao dizer: “porque por meio de Cristo Jesus a lei do Espírito de vida me libertou da lei do pecado e da morte. Porque, aquilo que a lei fora incapaz de fazer por estar enfraquecida pela carne, Deus o fez, enviando seu próprio Filho, à semelhança do homem pecador, como oferta pelo pecado. E assim condenou o pecado na carne, a fim de que as justas exigências da lei fossem plenamente satisfeitas em nós, que não vivemos segundo a carne, mas segundo o Espírito”. (Romanos 8, 2-4).

E é aí que entra a importância do temor. O Bispo Edir Macedo explica em seu blog que quem teme, ama e respeita. “Somente o Temor ao Santíssimo Deus Altíssimo é capaz de frear os impulsos para o pecado. O Espírito de Deus tem capacitado Seus verdadeiros filhos a terem uma conduta íntegra, reta e temente, a ponto deles fugirem do pecado.”

O erro

Muitas pessoas se acomodam e, por mais tempo de Obra que tenham, acabam deixando a fé esfriar. Dessa forma, diminuem, também, o temor. “Na falta de temor, mesmo cheia de fé e conhecimentos bíblicos, a pessoa não conseguirá se manter íntegra ante a facilidade de se corromper. Isto é, ela não resistirá aos prazeres ilícitos e não manterá seu coração limpo diante das injustiças, traições e calúnias”, observa o Bispo.

Este é o motivo pelo qual se observa muitos obreiros entregando o uniforme, membros mudando de denominação e até pastores e bispos deixando o Altar. Porque, sem respeito, não há como permanecer. É preciso forças para cumprir a Palavra de Deus.

Como agir?

O que fazer para adquirir esse temor? A resposta é simples, mas exige força de vontade, porque é preciso buscar a Deus diariamente, seja por meio de orações, jejuns, propósitos ou reuniões na Igreja. Deus deve estar sempre em primeiro lugar em todas as áreas da vida.

Como saber se tenho temor?

Você consagra seu dia pela manhã a Ele? Ora pelos alimentos, abençoa seus familiares, foge do pecado, sabe dizer não para as pessoas e situações do mundo, não fala mal das pessoas, evita fofocas e busca saber a opinião dEle para tudo?

Se a resposta para alguma dessas perguntas for “não”, talvez esteja na hora de rever como está o seu temor. Esses são apenas alguns exemplos que mostram atitudes que devem ser tomadas com temor no dia a dia e, por isso, é importante pensar como Deus pensaria e, assim, sempre que você precisar tomar uma decisão saberá se Ele se agradará ou não da sua escolha.

“Na ausência de temor ou respeito à Santidade do Senhor, os desejos carnais se avolumam na mente vulnerável e logo se transformam em atos pecaminosos. Quem teme ao Senhor, teme a Sua Palavra, e quem teme a Palavra, teme ao Senhor da Palavra”, conclui o Bispo Edir Macedo.

Somente esse respeito pelo Altíssimo fará com que se vençam as tentações, provações e se alcance a coroa da vida. “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte.” (Apocalipse 2.9-11).

O temor é umas das maiores demonstrações de amor e entrega que o ser humano tem para com Deus. Por meio do temor, o cristão se torna o filho verdadeiro, que sabe valorizar de verdade a entrega e a misericórdia dEle em sua vida.

Então, se até hoje você acreditava que “ter temor” era o mesmo que “ter medo de ir para o inferno”, que tal transformar esse significado em “respeitar a Deus”? Assim, você terá um posicionamento firme na fé e seguirá evitando o pecado, não só para não ser condenado ao inferno, mas, principalmente, para não entristecer Aquele que acredita em você.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Por que é preciso temer a Deus?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games