Saiba mais sobre Nazaré, a cidade da juventude do Senhor Jesus

Por Por Marcelo Rangel / Fotos: iStock

José e Maria moravam em Nazaré quando um anjo anunciou que o Senhor Jesus viria, gerado pelo Espírito Santo. Devido a um recenseamento exigido na época, o casal se dirigiu a Belém (o censo devia ser respondido no local de nascimento do patriarca da família), onde o Messias foi dado à luz. Em seguida, os três voltaram para casa, onde o menino cresceu.

A cidade fica entre os elevados montes do extremo sul da cadeia de montanhas que começa no Líbano. Fica a 25 quilômetros do Mar da Galileia e a 9 quilômetros do Monte Tabor. Atualmente, é a capital econômica e administrativa do Distrito Norte de Israel. Além disso, é uma espécie de “capital árabe” para os cidadãos dessa etnia no país, sendo eles a maioria da população do município.

Nazaré foi o primeiro chão em que o pequeno Jesus pisou. Lá Ele proferiu Suas primeiras palavras, foi educado e começou a perceber os aspectos da vida em sociedade. Para lá Seus pais voltaram novamente após a fuga para o Egito, quando Herodes ordenou que os primogênitos da região fossem mortos, já que as profecias diziam que ali seria o berço do novo Rei dos Reis (Mateus 2.13-23).

Segundo o conceituado arqueólogo norte-americano James Strange, Nazaré tinha na época da infância do Messias algo em torno de 2 mil habitantes, não mais que isso, e só ganhou importância histórica após esses acontecimentos do Novo Testamento, embora naqueles tempos já fosse considerada um grande centro urbano (para os padrões de então).

Se a infância e juventude do Senhor Jesus foi pacífica, já que não há registros que evidenciem alguma dificuldade, não se pode dizer o mesmo de quando ficou adulto, como atestam alguns versículos: “Não há profeta sem honra, a não ser na sua pátria e na sua casa. E não fez ali muitas maravilhas, por causa da incredulidade deles” – Mateus 13.57,58. Perto de Seus 30 anos, o Senhor Jesus mudou-se para Cafarnaum, retornando a Nazaré para pregar algumas vezes.

O controle da cidade foi várias vezes conquistado em conflitos entre judeus, cristãos e muçulmanos, intercalando-se os domínios ao longo dos séculos. Hoje, Nazaré tem cerca de 65 mil habitantes, na maioria árabes. Na região conhecida como Alta Nazaré concentra-se a população judia. Os cidadãos cristãos, embora poucos se comparados aos das demais crenças, são bem representados, reforçados pelos milhões de turistas que seguem a mesma fé que visitam a cidade o ano inteiro. A estrutura turística é muito bem servida, com meios de hospedagem de qualidade e programação cultural de primeira linha, além de roteiros profissionais para seguir os passos da família mais tradicional do lugar: uma serva de Deus, seu marido carpinteiro e o filho deles, um então “polêmico” jovem que viria a dar Sua própria vida para salvar a humanidade.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Saiba mais sobre Nazaré, a cidade da juventude do Senhor Jesus

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000

Free WordPress Themes, Free Android Games