É possível ser feliz no amor depois dos 50?

Marielza achava que o tempo tinha passado e que não conseguiria se realizar na vida amorosa. Saiba como ela mudou esse pensamento



Por Por Ana Carolina Cury / Fotos: Arquivo Pessoal

O tempo pode ser amigo ou inimigo do amor. Para muitas pessoas, o passar dos anos traz desespero, seja porque elas ainda não casaram, seja porque vivem uma relação infeliz. Mas o que se fala pouco é que não são os ponteiros do relógio que transformam uma situação para melhor ou para pior, mas as atitudes de cada pessoa que deseja uma mudança.

Marielza Juliana Dias, hoje com 60 anos, usava o tempo contra si mesma. A aposentada não acreditava que poderia ser feliz no amor por causa da sua idade. Ela chegou a pensar em suicídio depois de sofrer uma decepção amorosa, aos 39 anos. “Era traída e agredida constantemente, então decidi terminar meu relacionamento. Cheguei a entrar em depressão, passei a ter síndrome do pânico e achava que nunca mais amaria ninguém. Passava o tempo reclamando, me isolando, achava que não seria feliz no amor, que todos os homens eram iguais e que não tinha nada que eu pudesse fazer”, argumenta.

Sede de mudança

Aos 50 anos, Marielza seguia com o pensamento de que ficaria sozinha. Mas, após receber um convite especial, que ouviu em um programa de rádio, ela imaginou que a felicidade na vida a dois pudesse existir. “Decidi ir à Universal depois de ouvir um programa e, em seguida, resolvi conhecer a Terapia do Amor. Fui por curiosidade e me impressionei com a palestra. Parecia que estava sendo feita para mim. Saí impactada e decidi continuar frequentando as reuniões”, diz.

Pouco a pouco, a vida da aposentada foi mudando. “Aprendi a perdoar, deixei o passado para trás e voltei a acreditar no amor. Me tornei forte, confiante e alegre”, acrescenta.

Em 2016, ela conheceu Valentin Geraldo Smarsaro, de 60 anos (foto a esq.), pedreiro, que estava passando por um problema que ela já tinha vivido. “Fui em uma excursão e conversei muito com o Valentin. Foi curioso porque ele estava passando o mesmo que eu tinha passado anos antes. Então, pude ajudá-lo. Ele queria se matar porque tinha vivido muitas frustrações amorosas. Convidei-o para ir à Terapia do Amor e ele aceitou”, revela.

Depois que Valentin passou por um processo de cura interior e ficou bem, eles decidiram começar a namorar. “Aos poucos percebi que a Marielza era a mulher que eu sempre procurei. A pedi em namoro quando tive certeza de que estava curado. Casamos na Celebração dos Casamentos, no dia 30 de maio deste ano, e foi maravilhoso”, afirma Valentin.

Em lua de mel, eles contam que o segredo para conquistar o amor verdadeiro foi colocar em prática o que aprenderam na Terapia do Amor. “As ferramentas que me foram apresentadas na palestra transformaram minha vida. É possível encontrar a felicidade no casamento depois dos 50 anos. Estou muito feliz”, conclui Marielza.

Vida amorosa

Para saber mais como resolver os problemas da vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

É possível ser feliz no amor depois dos 50?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games