Se você encontrasse seu maior inimigo, o que faria?

Rivais se reencontram dentro da Universal. Saiba o que aconteceu.



Por Por Sabrina Marques / Foto: Reprodução

Aos 29 anos de idade, o carioca Leonardo Peixoto da Silva tem muita história para contar. Aos 16 anos, ele gostava de escutar músicas no estilo rap com letras que faziam apologia ao tráfico.

“Com 17 anos, cantei um rap direcionado a uma facção rival, e essas pessoas invadiram a comunidade onde eu morava. Fui expulso e tive que ir morar em outro lugar. Ali, me envolvi com o crime e virei bandido.”

Não demorou muito para que Leonardo começasse a andar armado e com desejo de vingança.

“A minha mãe foi expulsa da comunidade, só com a roupa do corpo. Foi quando disse para mim mesmo que era questão de honra voltar de onde saí e dar um fim nos outros traficantes.

Leonardo queria muito matar um rapaz conhecido como “Guigui”, a quem procurou incansavelmente. Um dia, porém, passou armado ao lado dele e não o viu.

“Eu estava obcecado para matá-lo, porém não o vi, mas ele me viu. Hoje sei que foi o próprio Deus que fez isso acontecer.”

O encontro dos rivais

Leonardo lembra que certo dia pediu para um dos seus parceiros de crime segurar seu fuzil, só que, ao manejar a arma de forma errada, o rapaz atirou na perna dele. Socorrido, ao chegar à sala de cirurgia, Leonardo entregou sua vida nas Mãos de Deus. “Vi a morte e sabia que precisava mudar, pois meu fim estava próximo.”

Convidado a participar de uma reunião na Universal, o jovem foi ao templo da Igreja em Del Castilho, no Rio de Janeiro, onde, apoiado em muletas, encontrou Reinaldo da Silva Lemos, o “Guigui”, seu antigo rival.

Reinaldo, que também teve um histórico na criminalidade, havia aceitado o Senhor Jesus e já estava na Universal como obreiro.

Hoje, a vida de Leonardo está totalmente transformada. Casado e pai de uma menina, ele também é obreiro da Universal e usa sua história de transformação como exemplo para outros jovens que se encontram na mesma situação em que estave um dia.

“Hoje estou como responsável pelo grupo Força Jovem Universal (FJU) no bairro de Gardênia Azul, em Jacarepaguá. E o Reinaldo, jovem que eu perseguia, também está como líder do FJU, na comunidade em que eu tentei invadir”, comemora.

Se você acabou de ler esse texto e vive no mundo do crime ou conhece alguém que esteja na mesma situação, saiba que somente por meio da fé em Jesus sua vida pode ser transformada. Se é isso que deseja, participe de uma reunião em uma Universal mais próxima de sua casa. Se desejar conhecer mais sobre o trabalho do FJU, clique aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Se você encontrasse seu maior inimigo, o que faria?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games