O homem e o sexo

O que você pode fazer para melhorar a relação com sua esposa?



Por Por Eduardo Prestes / Foto: Fotolia

O homem e a mulher se casam. A união dos dois é festejada e selada com a noite de núpcias. Os dois se tornam um. Mas, com o passar do tempo, diminui a frequência com que fazem sexo. Como consequência, surgem as reclamações de parte a parte. O homem se queixa principalmente porque quando quer fazer sexo com a esposa não é correspondido na mesma medida. Já a mulher reclama que o homem quer sexo a toda hora. A verdade é que muitos casais passam a ficar tão ocupados com outras coisas que o sexo é deixado para o sábado à noite, por exemplo. Se fizermos as contas, são apenas quatro vezes ao mês e 48 por ano (que tem 365 dias). Se ocorrer todo o sábado é pouco mais de 10% – ou 13,15% para ser mais exato.

Independentes

Para saber o que fazer, primeiro é preciso entender que a intimidade do casal acontece quando o homem e a mulher se tornam um. Quando isso para de acontecer ou ocorre com pouca fre-quência, a tendência é cada um ir para o seu lado, o que pode refletir em todos os aspectos da vida do casal. Daí ambos começam a se comportar como duas pessoas independentes e não mais como uma. O marido não cuida da mulher como se estivesse cuidando de si mesmo, por exemplo. E o contrário também acontece. Percebeu como é muito importante a manutenção desse aspecto do relacionamento?

Porta da felicidade

Mas vamos levar em consideração outra questão: de forma geral, a mulher não gosta de ouvir que o homem está interessado no sexo quando se aproxima dela. Muitas gostariam que isso não fosse verdade e até que o homem se sentisse atraído pela conversa dela ou por outro atributo seu, mas não. O sexo é a porta da felicidade para o casal. O fato de o homem querer mais não faz dele uma pessoa má – afinal, foi Deus quem fez o homem dessa forma. Obviamente, esse não deve ser o único interesse que atraia o homem.

Quem tem razão?

Agora vamos considerar que o homem e a mulher têm razão de reclamar. Eu explico: se entendermos que homem e mulher se tornam um só quando se casam aos olhos de Deus, realmente os dois têm razão de reclamar. Mas, talvez, o homem tenha que agir um pouco diferente do que a rotina lhe deixou acostumado para ter sexo com a mulher com uma frequência maior.

Preparação

Não adianta você achar que pode ter sexo sem preparar o terreno para isso. Em outras palavras, não tenha pressa de consumar o ato. A intimidade é um círculo: começa e termina na cama. Contudo, o homem não pode tratar do sexo apenas na hora em que ele está acontecendo. Ele deve ser consequência de 24 horas de bom tratamento, de gentileza, de cuidado, de amor e de consideração com a esposa.

Outra atitude

Por isso, não adianta ficar sentado no sofá esperando que a mulher corresponda à sua vontade quando você bem entender. Antes de pensar em fazer sexo com ela, seja inteligente: corteje-a, agrade-a, saiba ouvi-la e faça elogios sinceros em diferentes momentos. Planeje uma ocasião para vocês dois e dê apenas indícios sutis do que você está querendo, sem entregar totalmente a informação. É como se você reconquistasse o amor dela todos os dias. Por isso, é importante ser paciente e perseverante. Domine a ansiedade. Isso também fará a mulher enxergar você de outra forma, principalmente pela mudança de atitude que terá em relação a ela, o que consequentemente melhorará a vida do casal.

Comunicação

É natural levar tempo para um casal se acertar na cama. Não é algo automático. É preciso paciência e muita comunicação. Mas é possível aprender como agir nesse assunto. Nem que seja a última coisa que você faça para salvar seu casamento, assista à palestra Sexo em um Casamento Blindado. Veja mais em https://blogs.universal.org/renatocardoso/2014/04/…

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O homem e o sexo

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games