Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 14 de junho de 2013 - 06:53


Sopa de minhoca



Assim como é impossível manter o casamento sem o sacrifício do casal, também é impossível manter um pacto com Deus sem o sacrifício pessoal.
Sacrifício de renúncia a si mesmo, sacrifício do peso da cruz e sacrifício de andar nas pegadas de Jesus dia após dia até a morte.
Pacto, aliança, parceria ou casamento exige entrega, dedicação e fidelidade.
Ou seja, fé e amor.
Além do Calvário, o Senhor Jesus continua sacrificando ao tolerar nossas falhas e fraquezas diárias.
De nossa parte tem de haver abnegação da vontade própria, suportar a cruz da rejeição dos filhos do mundo e andar nas pisadas dEle dia após dia.
É fácil?
Não, não é.
Mas quem prometeu facilidade na conquista do Reino dos Céus?
Jesus adverte que a porta é estreita, o caminho é apertado e poucos chegam lá. Mateus 7.14
Disse também que desde os dias de João Batista até agora, se faz violência na conquista do Reino dos céus, e pela força se apoderam dele. Mateus 11.12 RC
Portanto, quem acha que Jesus já sacrificou e que não tem necessidade de sacrificar também vai para o inferno, mesmo crendo em Jesus.
O Reino dos Céus não é para indolentes, preguiçosos ou para quem quer facilidades.
Quem quiser moleza que tome sopa de minhoca.


reportar erro