Rede aleluia
Por que política se o Reino é de Deus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 15 de outubro de 2018 - 00:00


Por que política se o Reino é de Deus?

Por que política se o Reino é de Deus?

Juízes e oficiais (autoridades, políticos) constituirás (eleição) em todas as tuas cidades que o SENHOR, teu Deus, te der entre as tuas tribos, para que julguem o povo com reto juízo. Não torcerás a justiça (dar o jeitinho brasileiro), não farás acepção de pessoas, nem tomarás suborno (vender o voto); porquanto o suborno cega os olhos dos sábios e subverte a causa dos justos. A justiça seguirás, somente a justiça, para que vivas e possuas em herança a terra que te dá o SENHOR, teu Deus. Deuteronômio 16.18-20

Essa preciosa passagem já responde a uma das perguntas que mais ouvimos nos últimos dias: Por que a igreja está falando e está tão engajada no atual cenário político? Pelo mesmo motivo que Deus mandou Moisés eleger oficiais e juízes, na ocasião da entrada de Israel na Terra Prometida. A obra é de Deus, mas não acontece nos Céus e, sim, aqui na Terra, onde os políticos criam leis nas quais muitas delas são feitas com o objetivo claro de oprimir mais ainda o pobre e de travar a obra daqueles que trabalham duro para libertá-lo. Além disso, eles querem fazer da Justiça um produto de leilão, “quem paga mais, leva”.

Mas por que isso acontece e, muitas vezes, no meio Cristão?

Seria a enorme quantidade de políticos corruptos?

A extrema pobreza em que vivem as pessoas?

Digo-vos que não. O problema é totalmente espiritual. É a ausência do Espírito Santo nas pessoas, inclusive em muitos que estão dentro das igrejas, pois, quando o Espírito Santo desce sobre alguém, a primeira coisa que lhe sucede é uma troca de mentalidade e aguçado discernimento de espírito, de sorte que essa pessoa jamais aceitará suborno, ainda que legalizado e em forma de alguma espécie de “Bolsa benefício”. Seu espírito a faz querer a vida abundante. E, para completar, quando o espírito é o mesmo, aquela comunidade tem um Partido Único, que é o do Reino de Deus e nunca, jamais, venderá sua dignidade (voto) por um prato de comida. Nem elegerá alguém que vai contra tudo o que é correto e que ela crê.

Porque quem tem o Espírito de Deus não tem preço e, sim, VALOR!

Deus abençoe sobremodo!


reportar erro